Estado de São Paulo

15/03/2017 20:12

Conheça os novos integrantes da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa

Da redação - Fotos: Vera Massaro e José A. Teixeira


Download
Cauê Macris, presidente

Eleita nesta quarta-feira, 15/3, a nova Mesa Diretora da Assembleia é composta por Cauê Macris (PSDB), presidente, Luiz Fernando T. Ferreira (PT), 1º secretário, e Estevam Galvão (DEM), 2º secretário. Confira o perfil de cada um dos novos integrantes.

O novo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Cauê Macris (PSDB) já foi líder do Governo no Parlamento paulista, quando articulou a votação de projetos de interesse da gestão junto às bancadas da Casa. Entre as propostas aprovadas nesse período destaque para empréstimos junto ao BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) para beneficiar municípios paulistas; Parcerias Público Privadas para habitação; criação de quatro novas frentes do programa Via Rápida do Emprego; e criação do Fundo Estadual de Combate à Pobreza.

A política na vida de Cauê Macris vem de berço. Seu pai, Vanderlei Macris (PSDB-SP), foi eleito para sete mandatos consecutivos como deputado estadual, além de presidir o Parlamento paulista de 1999 a 2001. Vanderlei também foi eleito deputado federal e atualmente é o 1º vice-líder do PSDB na Câmara dos Deputados.

Cauê entrou na política aos 16 anos. Com a ajuda de Lila Covas, esposa de Mário Covas, ingressou no Projeto Tucaninhos, destinado a formar futuras gerações do seu único partido em toda a trajetória política, o PSDB.

Em 2002 o tucano chega à presidência da Juventude do PSDB de Americana, sua cidade natal, e também assumiu a vice-presidência da Juventude do PSDB do Estado de São Paulo. Aos 21 anos foi eleito como o oitavo vereador mais votado de Americana e, aos 24, assumiu, eleito por unanimidade, a presidência da Câmara Municipal de sua cidade para o período de 2010 e 2011. Nesse tempo, Macris foi o autor da primeira lei do Brasil a proibir o tabaco em locais de uso coletivo e também criador do Estatuto de Defesa e Proteção dos Animais, que defende a posse responsável de bichos de estimação.

Eleito deputado estadual pelo PSDB aos 27 anos, Cauê Macris apresentou o projeto de lei que pune com multa e até fechamento os estabelecimentos que comercializarem bebidas alcoólicas para crianças e adolescentes.

Durante os mandatos na Alesp, o deputado foi escolhido, por dois anos consecutivos (2013 e 2014), como relator do Orçamento estadual, o qual garante os investimentos realizados pelo Executivo nos 645 municípios paulistas. Em 2014, foi eleito líder da bancada do PSDB, tornando-se o mais jovem deputado a comandar a maior bancada do Parlamento.

Agora aos 33 anos, Cauê Macris, assume a presidência da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.



Secretários

O novo 1º secretário da Assembleia Legislativa, Luiz Fernando T. Ferreira (PT), teve 102.905 votos nas eleições de 2014. Seu mandato defende as bandeiras da criança e do adolescente, da moradia, dos esportes, da família e da mobilidade urbana.

Ele participou das eleições de 2014 a convite do ex-prefeito petista de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho. Em 2009, Luiz Fernando iniciou a trajetória de dirigente de futebol. Levou o time do São Bernardo Futebol Clube à elite do futebol paulista em 2010, sendo a primeira e única agremiação de futebol da cidade a chegar à primeira divisão do Campeonato Paulista (Paulistão), onde permanece.

Foi criador da maior iniciativa socioesportiva no mundo utilizando o futebol, o Projeto Tigrinho, que, em parceria com a Fábrica do Futuro e a Prefeitura de São Bernardo, atende, diariamente, mais de 8 mil crianças em São Bernardo e diversas outras localidades.

Foi também vereador pelo PT na cidade de Casa Branca (1989/1992), quando trabalhou pela organização do partido e da classe trabalhadora em toda a Região Mogiana.

Após 1992, mudou-se para São Bernardo do Campo e retomou sua carreira empresarial, no ramo de formação e especialização de agentes públicos e de assessoria e consultoria no desenvolvimento, especialização e modernização da administração pública. Luiz Fernando é casado e pai de dois filhos. Evangélico, vem de uma família com raízes políticas. Seu pai e seu irmão mais velho foram prefeitos de Águas da Prata, no Estado de São Paulo, e seu irmão Paulo Teixeira é deputado federal (PT-SP) eleito consecutivamente em 2006, 2010 e 2014.

O deputado Estevam Galvão (DEM) tem mais de 43 anos de vida pública, os quais compreendem, entre outros cargos, quatro mandatos como deputado estadual na Alesp, quatro como prefeito de Suzano e um como vereador da mesma cidade.

O deputado foi líder da Bancada do DEM no Parlamento paulista por oito anos consecutivos. Galvão também já assumiu os postos de deputado federal e subprefeito na gestão de José Serra.

As principais realizações como deputado foram na região do Alto Tietê, Vale do Paraíba e São José do Rio Preto, entre outras cidades do Estado. Um exemplo é o Programa Visão do Futuro, executado pelo Fundo Social de Solidariedade do Estado que beneficia milhares de crianças em idade escolar com exames de vista, tratamento oftalmológico e doação de óculos.

Estevam Galvão também criou o Banco de Dados da Saúde, lançado em 2013 pelo governo do Estado, e que visa unificar o prontuário médico de todos os cidadãos residentes no território paulista.

Luiz Fernando T. Ferreira (à esq.), 1º secretário

Estevam Galvão, 2º secretário