Estado de São Paulo
11/08/2017 21:24

Deputados rejeitam relatório da CPI dos Planos de Saúde

Da assessoria do deputado Carlos Neder


O deputado Carlos Neder votou contra o relatório da CPI dos Planos de Saúde, que foi encerrada na quarta-feira (9/8). Para o parlamentar, não há condições de aprovar o relatório, que deveria ser resultado de uma investigação séria sobre o tema, já que praticamente não houve trabalho de apuração. O objetivo era apurar possíveis irregularidades cometidas pelas operadoras privadas de saúde.

A CPI encerrou-se na sexta reunião, sendo que a maior parte das vezes tratou apenas de questões burocráticas e regimentais. Em praticamente seis meses de funcionamento, de 22 reuniões convocadas, cinco foram canceladas e 11 não aconteceram por falta de quórum. O relatório final, apresentado pelo deputado EdThomas, acabou rejeitado por 3 votos a 2.

Neder lamentou ter feito parte da comissão e renunciou à vice-presidência do órgão, responsabilidade que disse ter aceitado na intenção de realizar um bom trabalho. "Eu tenho vergonha de ter feito parte desta CPI porque ela infelizmente não merece o nome de uma Comissão Parlamentar de Inquérito", ressaltou, lembrando que chegou a apresentar roteiro de trabalho e sugestão de autoridades a serem ouvidas. "Me sinto constrangido, depõe contra o meu currículo e a minha história ter participado de uma atividade como essa, que se aproximou mais de uma farsa do que propriamente de um trabalho que se espera do maior parlamento estadual do Brasil."