O INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO
DE SÃO PAULO

"A história de São Paulo é a história do Brasil".
Esta frase encontra-se no primeiro volume da Revista do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP) e é uma boa síntese do pensamento e do conhecimento produzidos nessa instituição. O IHGSP, fundado em 1894, tinha como objetivo, juntamente com outras instituições paulistas, marcar a relevância do Estado de São Paulo na produção de cultura e valores históricos no país. Eugenio Egas, ao nele ingressar em 1909, desenvolveu no Instituto intensa atividade como historiador. Eugenio Egas fez parte de uma geração pioneira de pesquisadores que descobriu, abriu à pesquisa e publicou uma vultosa e gigantesca documentação histórica de São Paulo.

Ficha de filiação de Eugenio Egas ao Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (1909)
(IHGSP)
O texto dedicado a Feijó, em dois volumes publicados em 1912, foi uma obra de fôlego realizada nos primeiros anos de sua permanência no Instituto e que lhe valeu o ingresso no Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro.
(Cemap)
Sede Social do Instituto
inaugurada em 1910
(Cemap)
Além das atividades de Secretário, Egas exerceu as de Orador, que tinha entre suas atribuições a de fazer os necrológios dos sócios falecidos do Instituto. Foram publicados vários volumes com estes textos, de 1916 a 1924

(Biblioteca da Faculdade de Direito - USP )