Cezinha de Madureira

Antonio Cezar Correia Freire, o Cezinha de Madureira, esteve na Presidência da Comissão de Saúde,  e na Vice-liderança do Governo na Assembleia Legislativa até março de 2018. Membro da CPI das Telecomunicações em 2015 e vice-presidente da Comissão de Infraestrutura. Integrante das Comissões de Infraestrutura, Atividades Econômicas, Assuntos Metropolitanos e Municipais, Administração Pública e Relações do Trabalho e Ciência, Tecnologia e Informação. Também integra as Comissões de Transporte e Comunicações, Finanças, Orçamento e Planejamento, Direitos Humanos e da Saúde. Trabalha ativamente ainda nas CPIs da Energia elétrica, Santas Casas e Trabalho Infantil. Jornalista e comunicador, o Deputado apresenta o Plantão da Vida, dentro do Programa Palavra de Vida, na Band e Rede TV, com o Bispo Samuel Ferreira e Apresenta o Programa Palavra de Vida, na Rádio Musical FM, também com o Bispo Samuel Ferreira. Natural de Ipiaú, na Bahia, onde nasceu em 1973, Cezinha de Madureira foi criado pelos avós maternos Albertina Freire e João Carvalho. Desde criança sonhava em ser radialista e logo cedo começou a trabalhar na Associação Comunitária de Comunicação e Cultura de Ubaitaba. O trabalho fez parte da história da fundação da Rádio que cresceu, consolidou-se e existe até os dias atuais. Determinado desde a infância, aos 12 anos conheceu a Cristo e passou a professar a religião evangélica, na igreja Assembleia de Deus. Em 1991, mudou-se para São Paulo e trabalhou em diversas emissoras de rádio. Em 2001, uniu-se ao Movimento para Legalização das Rádios Comunitárias, motivado pela ideia de democratizar e descriminalizar as rádios, que cumpriam um importante papel social. Em 1995, casou-se com a pedagoga Elis Freire, com quem tem um filho: Allan. Em 2012, foi ordenado pastor da Assembleia de Deus Ministério Madureira, em São Paulo. Ao lado de seu líder e pai por adoção, Bispo Samuel Ferreira, com quem trabalha desde 2006, participou de importantes missões por todo Brasil, América Latina, Estados Unidos Europa e países do Oriente Médio. Sempre realizando suas atividades com muito esforço e dedicação, conheceu a fundo a realidade de praticamente todo estado de São Paulo. Recebendo 105.521 votos nas eleições de 2014, Cezinha de Madureira tornou-se deputado estadual pelo Democratas (DEM), representando as Assembleias de Deus Ministério de Madureira em São Paulo, e trabalhando, principalmente, em prol dos menos favorecidos.  Entre as principais Leis de seu mandato, Cezinha destaca a Lei 16.269/2016, a chamada Lei do Chip, que garante segurança aos usuários da telefonia celular pré-paga, através do rigor no cadastramento de dados do usuário e a Lei 16.657/2018, a chamada Lei do CROSS, que integra os sistemas de busca por vagas nos hospitais públicos das redes municipal e estadual.