Informações: Departamento de Comunicações

Professor Kenny

Professor Kenny foi vereador em Santos por dois mandatos, tendo conquistado a maior votação do Brasil proporcionalmente, com quase 11% dos votos válidos, e também a maior votação da história de Santos em números absolutos de todas as eleições já realizadas (24.765 votos). Eleito deputado estadual por São Paulo com 117.567 votos, teve a maior votação da história para um deputado em Santos – com 64.855 apenas na cidade onde era vereador, obteve votos também em outras 428 cidades do estado. Nascido no Canadá, Kenny é formado em engenharia e professor há mais de 20 anos dos cursos de idiomas da Unisanta e de termos técnicos para alunos de engenharia, biologia e farmácia da instituição. Suas ideias inovadoras começaram ainda durante a campanha eleitoral de 2012 ao substituir os tradicionais cavaletes eleitorais em vias públicas por lixeiras, em uma campanha ética e ecologicamente justa. Foi autor da Lei Cidade Sem Lixo, que multa pessoas que sujam a cidade. Lutou pela implantação do BikeSantos, seu verdadeiro xodó, e viu ser atendidas sua sugestão para aumentar o tempo de uso de 30 para 45 minutos. Indicou a passarela para cadeirantes acessarem o mar. Foi autor da Lei das EcoBarreiras para coleta de resíduos flutuantes do estuário. Criou o Disk-Árvore, que já plantou mais de 2,8 mil mudas pela cidade. Criou o programa Ouvidoria Digital, com o aplicativo Colab, que possibilita ao cidadão comum fiscalizar, propor e avaliar diversos pontos da cidade a partir de um smartphone. Desenvolveu o Na Rua, em que visita com sua equipe os bairros de Santos, um a cada quarta-feira, para ouvir os moradores e constatar diretamente os problemas da vizinhança. No esporte, Kenny indicou as novas estações de ginástica e parques de calistenia espalhados pela praia. Por último, Kenny conquistou, por meio de emendas federais, R$ 3,2 milhões para a construção da pista de skate na Lagoa da Saudade e para reforma e construção de complexo esportivo na praça Augusto Cerqueira, em Santos; para aquisição de equipamentos destinados a Unidades de Atenção Básica de Saúde, para o projeto BiblioPraia, para aquisição de ambulâncias do Samu e para parques de prática esportiva distribuídos pela cidade.

Informações: Departamento de Comunicações