Confira o bate-papo com o deputado Mauro Bragato


07/08/2019 14:20 | Diga deputado | Manuela Sá - Foto: Marco Antonio Cardelino

Mauro Bragato<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-08-2019/fg236949.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>  Mauro Bragato<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-07-2019/fg236944.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>  Mauro Bragato<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-07-2019/fg236945.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>  Mauro Bragato<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-07-2019/fg236946.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>  Mauro Bragato<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-07-2019/fg236943.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Nestes próximos dias, vamos conhecer um pouco mais sobre as expectativas dos principais personagens do legislativo estadual paulista para os próximos quatro anos: os deputados.

Depois de quatro meses de mandato, o que será que eles esperam? Em quem eles se inspiram? Quais as prioridades de cada gabinete?

A entrevista desta edição é com o deputado Mauro Bragato.

Os últimos quatro meses

Nós vivemos tempos diferentes e isso significa que as pessoas se posicionam de uma forma distinta daquela a que estávamos acostumados, mas acho que o saldo é bastante positivo. No primeiro semestre tivemos uma presença maciça dos parlamentares nas sessões do plenário, tivemos uma participação grande nas comissões, audiências e demais eventos da Assembleia Legislativa. Não ficou naquele batidão do passado, onde as bancadas estavam todas centradas no governo do Estado.

Torço para que cada vez mais tenhamos partidos fortes, com ideias e ideais. O deputado não pode ser um funcionário público, ele tem que ser um militante do seu partido e da sua causa. O que acontece hoje é o surgimento de uma nova vida para o Brasil e acho que neste particular nós tivemos avanços. Mesmo as polêmicas envolvendo o PT e o PSL, como a entrada do partido Novo, tudo é bastante saudável para a democracia.

Projetos, legado e futuro

De modo geral a minha prioridade é a questão do emprego e a melhora da renda das pessoas. Paralelo a isso, queremos trabalhar com as questões específicas dos municípios. Pavimentar uma estrada, um programa na área da agricultura. Estamos trabalhando nesta perspectiva, pensando no maior e no menor.

Eu vou atuar como sempre atuei, pensando no geral e atuando no particular. Meu trabalho é muito municipalista, mas também voltado às questões sociais. O que eu tenho agora é uma preocupação em me organizar para este tempo que estamos vivendo, que é diferente e que veio para mudar. Eu faço um mapeamento das reivindicações por município, levanto os problemas de cada um e caminho para melhorar as coisas.

Inspiração e referências

Posso citar o governador João Doria e o ex-governador Geraldo Alckmin, mas quem me trouxe até aqui foi a minha luta, o meu trabalho.