São Paulo proíbe fabricação e comércio de produtos com plumas de aves


08/08/2018 20:32 | Projeto de Lei | Da Redação

Imagem ilustrativa (fonte: Agência Alesp)<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-08-2018/fg226554.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

O projeto que veta uso de penas e plumas de ganso, cisne, faisão ou pavão tornou-se lei. A norma, originada do Projeto de Lei 988/2015, do deputado Rogério Nogueira (DEM), foi promulgada pela Alesp em 31/7.

"Muitas vezes eles são depenados vivos, em um imenso sofrimento. Esse torturante processo repete-se em todos os verões, quando as aves renovam as suas plumagens".

A multa a ser paga por quem não cumprir a lei varia de R$ 5 mil a R$ 50 mil. A proposta ainda determina que a regulamentação ocorra em um prazo de seis meses.