Recursos extraordinários para aquisição de EPIs

As matérias da seção Atividade Parlamentar são de inteira responsabilidade dos parlamentares e de suas assessorias de imprensa. São devidamente assinadas e não refletem, necessariamente, a opinião institucional da Assembleia Legislativa de São Paulo.
15/04/2020 15:24 | Atividade Parlamentar | Da assessoria do deputado Marcio Nakashima

Márcio Nakashima<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-04-2020/fg248425.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Preocupado com as recorrentes notícias da falta de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para os profissionais de saúde que estão na linha de frente em combate ao coronavírus, o deputado Márcio Nakashima solicitou ao governo a liberação imediata de recursos extraordinários para a aquisição de EPIs e testes rápidos para detecção do vírus em mais de 50 municípios.

Americana, Américo Brasiliense, Bragança Paulista, Araçoiaba da Serra, Atibaia, Botucatu, Cajati, Bebedouro, Eldorado, Capivari, Conchal, Coronel Macedo, Carapicuíba, Ibitinga, Guaratinguetá, Guarulhos, Guapiaçu, Hortolândia, Guarujá, Indaiatuba, Itobi, Itapirapuã Paulista, Itatiba, Jaú, Mairiporã, Marília, Joanópolis, Mairinque, José Bonifácio, Mendonça, Mogi das Cruzes, Monte Aprazível, Nazaré Paulista, Pindamonhagaba, Pilar do Sul, Pinhalzinho, Piracaia, Pirassununga, Porto Ferreira, Porto Feliz, Registro, São Roque, Salto de Pirapora, São Manuel, Ribeirão Preto, Sumaré, Tuiuti, Sorocaba, Tambau, Tremembé, Vargem, Várzea Paulista, Valinhos, Ubatuba.

"Nosso mandato tem recebido denúncias e estamos apurando sobre a falta de EPIs em hospitais. No último sábado, recebemos a triste notícia de morte de uma técnica de enfermagem em Guarulhos", lamentou o deputado.

"Além de proteger as equipes, os EPIs também asseguram a saúde dos pacientes. Precisamos garantir melhores condições de trabalho a esses profissionais que arriscam a própria vida diariamente para cuidar do próximo", conclui Nakashima.