Deputado destina recursos e cria Programa Guardiã Maria da Penha em Caieiras

As matérias da seção Atividade Parlamentar são de inteira responsabilidade dos parlamentares e de suas assessorias de imprensa. São devidamente assinadas e não refletem, necessariamente, a opinião institucional da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.
18/05/2022 16:05 | Atividade Parlamentar | Da assessoria do deputado Marcio Nakashima

Compartilhar:

Deputado destina recursos e cria Programa Guardiã Maria da Penha em Caieiras 
  
 <a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-05-2022/fg286883.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Para frear a violência doméstica em Caieiras, o deputado Márcio Nakashima (PDT) destinou R$ 150 mil em recursos com o objetivo de estruturar o Programa Guardiã Maria da Penha.

Para se ter uma ideia da gravidade, o município, que registrava, em média, 350 casos de violência contra a mulher por ano, agora recebe em torno de 70 denúncias por mês.

Agora, as ações de enfrentamento e combate à violência contra a mulher terão uma viatura, sala para acolhimento e policiais treinados, sob o comando da subinspetora Lilian, ao lado do GCM CD César e outros cinco guardas.

O programa, que tem a parceria do Ministério Público e da Prefeitura de Caieiras, é voltado para a proteção da mulher em situação de violência, por meio da atuação preventiva. Seu objetivo é monitorar o cumprimento de medidas protetivas e a responsabilização do agressor, além de acolher e orientar as vítimas quanto aos serviços de saúde e assistência social disponíveis.

A ação começou a funcionar no dia 5 de maio e já acompanha duas vítimas.

"O trabalho da Guardiã Maria da Penha é de suma importância para ajudar as mulheres, tão fragilizadas em nosso país, que ocupa o quinto lugar no ranking dos que mais matam mulheres no mundo. A violência doméstica cresceu e precisamos olhar por essas mulheres. Tenho certeza que a Guardiã Maria da Penha ajudará a mudar essa realidade em Caieiras", afirmou Márcio Nakashima.

Para denunciar a violência doméstica, ligue 180 - Central de Atendimento à Mulher. Em Caieiras, ligue 153 (GCM) e 190 (Polícia Militar).