Projetos prometidos na campanha são protocolados


19/03/2019 13:53 | Atividade Parlamentar | Da assessoria da deputada Adriana Borgo


No primeiro dia de expediente da nova legislatura da Alesp, na segunda-feira (18/3), a deputada Adriana Borgo, eleita para seu primeiro mandato, protocolou várias indicações. Destinadas ao governo do estado, dentre elas estão as propostas de instituição do Estatuto da Polícia Militar do Estado de São Paulo e do Código de Ética da corporação.

A parlamentar afirma que umas das suas principais bandeiras é a defesa dos interesses dos policiais militares: "Tenho grande carinho pela Polícia Militar, que foi fundamental em toda a minha história de luta e de vida, por isso tenho o compromisso de trabalhar em prol dessa categoria".

Os referidos projetos são antigos anseios dos policiais militares, que há anos lutam por sua concretização, haja vista que São Paulo é um dos únicos estados que não possuem estatuto e código de ética próprios para a corporação.

Com relação ao estatuto, é um documento que traz direitos, deveres, obrigações e prerrogativas dos policiais militares durante o exercício da sua atividade funcional e na sua inatividade (reformados e reserva remunerada). Policiais militares de São Paulo, diferentemente dos de outros estados, não recebem horas extras, adicional noturno, auxílio acidente, auxílio invalidez, auxílio moradia " e ainda arcam do próprio bolso (soldo) com os custos do transporte entre o trabalho e a casa e vice-versa, entre outros.