Agosto Laranja conscientiza sobre a esclerose múltipla


20/08/2018 18:46 | Campanha | Léo Martins

Imagem ilustrativa (fonte: Freepik)<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-08-2018/fg226766.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Criada para promover eventos de combate à esclerose múltipla, a campanha Agosto Laranja quer que cada vez mais pessoas saibam diagnosticar, tratar e viver bem com ela. Causada por lesões nos nervos, a doença gera distúrbios na comunicação entre o cérebro e o corpo.

De acordo com o neuro­logista Guilherme Olivas, a esclerose múltipla ocorre principalmente em jovens de 20 a 35 anos. "Ela é uma doença inflamatória onde o próprio organismo ataca a região do cérebro e da medula", disse. "Os seus principais sintomas estão na alteração de força nos braços e nas pernas, formigamento em algumas regiões do corpo, alteração de visão e desequilíbrio para andar", declarou. Ao contrário do que muitos pensam a doença não altera a memória, somente em casos muito avançados.

Segundo estimativas de ONGs internacionais, existem 2,5 milhões de pessoas no mundo portadoras de esclerose múltipla. No Brasil, há 35 mil pacientes e apenas 13 mil em tratamento, de acordo com o Departamento de Informática do SUS (Datasus).

A doença não tem cura, mas as crises, os sintomas e sua progressão podem ser controlados.

No dia 30 de agosto é comemorado o Dia Nacional de Conscientização da Esclerose Múltipla e a AME (Amigos Múltiplos pela Esclerose) está realizando diversas ações por todo o Brasil. Neste ano, ocorrerá a quarta edição do "Pedale por uma Causa", e as cidades de Santo André (ABC Paulista), Santos (Baixada Santista), além da capital, foram escolhidas no Estado para participarem do evento. Outras cidades do Brasil também vão receber o evento, são elas: Belo Horizonte (MG), Florianópolis (SC), João Pessoa (PB), Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro (RJ) e Santa Maria (RS).

Pelas redes sociais, outra forma de participar da divulgação da campanha é usando a hashtag #AgostoLaranja. Para aderir, poste selfies vestindo laranja, ou fotos dos prédios públicos que serão iluminados pelo laranja. Pelo site agostolaranja.org.br é possível localizar e buscar os eventos que ocorrerão por todo o país.

Principais sintomas

Os primeiros sintomas de esclerose múltipla: visão turva, cansaço, formigamentos, perda de força, falta de equilíbrio, espasmos musculares, dores crônicas, depressão, dificuldade cognitiva, problemas sexuais e incontinência urinária. Eles podem ir e vir ou serem mais prolongados. Por serem muitos sintomas, o diagnóstico pode ser difícil e inclui exames de sangue, punção lombar, ressonância magnética e exame de potencial evocado (que mede os sinais enviados pelo cérebro em resposta a estímulos).

"O Diário de Lidwina"

A partir da história de Lidwina Van Schiedam, uma jovem holandesa do século XIV, considerada um dos primeiros casos de esclerose múltipla da história da medicina, o filme mostra o cotidiano de brasileiros portadores da doença e sua busca por tratamento e qualidade de vida.

Personagens singulares com um aspecto em comum: todos portadores da esclerose múltipla. Expandir conhecimento, compreensão e solidariedade a eles é o objetivo do documentário "O Diário de Lidwina", que tem a direção de Leonardo Gâmbera e Daniel Moreno, e será lançado no dia 30 de agosto, às 19h, no Espaço Sociocultural no Teatro CIEE. A entrada é franca.