Medidas econômicas para saúde


24/03/2020 14:40 | Atividade Parlamentar | Da assessoria do deputado Ed Thomas

Ed Thomas<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-03-2020/fg248062.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Diante da decisão liminar (provisória) concedida neste domingo (22/3) pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes de suspender por 180 dias o pagamento das parcelas do refinanciamento da dívida do governo de São Paulo com a União, com o objetivo de poupar verbas dos cofres paulistas priorizando o combate ao novo coronavírus, o deputado Ed Thomas (PSB) está empenhado para que os municípios também possam ter suspensos os pagamentos de dívidas, parcelamentos e precatórios 2020, como forma de suportar financeiramente o atual momento, e que esses recursos sejam canalizados preferencialmente para a saúde, na prevenção aos cuidados que todos estão tendo, inclusive se for preciso através de iniciativa através da Alesp.

"Contamos com o apoio da União do Pontal do Paranapanema (Unipontal), presidida pelo prefeito de Presidente Venceslau, Jorge Duran pois a mudança emergencial nos critérios dos precatórios irá beneficiar as administrações públicas municipais que já enfrentam dificuldades financeiras para custear os serviços básicos da população, com investimentos em maior escala para a saúde do cidadão", enfatizou Ed Thomas.

O parlamentar acrescentou que devido a suspensão das sessões ordinárias, por decisão da Mesa Diretora da Alesp, estará participando dos trabalhos na Casa de Leis através de videoconferência. "Por que a atividade parlamentar não pode parar, independente das imposições e medidas necessárias para o bem estar de todos e todas", concluiu.