Retorno às aulas e produção de vacina contra coronavírus são temas de discussão

Deputados também abordaram enchentes na zona leste e ações do Supremo Tribunal Federal
24/06/2020 17:43 | Tribuna Virtual | Maurícia Figueira - Foto: Carol Jacob

Tribuna Virtual<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2020/fg250322.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Tribuna Virtual<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2020/fg250323.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Tribuna Virtual<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2020/fg250324.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

A questão das enchentes na zona leste de São Paulo foi abordada pelo deputado Dr. Jorge Do Carmo (PT), que visitou a região na manhã desta quarta-feira (24/6), para acompanhar obras de contenção de inundações. "Trata-se de um problema que há anos se arrasta na zona leste, na divisa de Itaim Paulista com Itaquaquecetuba. A obra era para ser concluída em dezembro de 2019, mas não foi, e a nova previsão de término é o mês de julho". O deputado comentou que o prefeito de São Paulo remanejou recursos de combate às enchentes para outras áreas. "Estamos falando de um problema que precisa de mais investimento, é estranho que o prefeito remaneje recursos dessa área tão sensível", avaliou.

Sobre plano do governador João Doria de retorno às aulas no Estado de São Paulo, o deputado Carlos Giannazi (PSOL) afirmou ser preocupante. "Lançar um plano de retorno às aulas agora é colocar em risco a vida dos nossos alunos, dos profissionais da educação, da família dos alunos". A apresentação do plano de retorno deveria ser feita, de acordo com Giannazi, quando houvesse uma redução dos números da pandemia. "Na verdade, o governo Doria vai transformar as escolas num laboratório, numa cobaia, numa experiência que vai matar centenas de pessoas".

Para a deputada Janaina Paschoal (PSL), a volta às aulas também é temerária. "Muito embora proporcionalmente os números no Brasil sejam menos significativos do que em outros países, temos um número maior de jovens, crianças e adolescentes mortos quando comparado a outros países". A deputada afirmou que vai analisar as regras anunciadas para depois se manifestar.

Paschoal comentou ainda que agendou uma reunião com o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, para conversar sobre a parceria entre governo do Estado e a China para produção de vacina contra o novo coronavírus. "Estou muito preocupada com essa parceria, não só quanto à contratação mas também quanto aos protocolos para testes em seres humanos".

O deputado Douglas Garcia (PSL) considerou estar havendo uma perseguição de alguns políticos pelo Supremo Tribunal Federal. "O Supremo deveria servir para garantir que as pessoas tivessem seus direitos individuais protegidos, mas não é isso que estamos vendo". Segundo o parlamentar, "não houve essa devassa na vida das pessoas que está acontecendo hoje na época da Lava Jato".