Armas de fogo

PLENÁRIO
05/10/2004 17:25


O deputado Conte Lopes (PP) falou a respeito da proibição do porte de armas. A invasão de uma fazenda no Mato Grosso, por bandidos, onde as filhas do fazendeiro foram mantidas por vários dias dentro de um buraco, foi usada como exemplo da necessidade de armas de fogo principalmente em sítios e fazendas. "Como quem tem uma fazenda não pode ter uma arma para se defender? À medida em que o bandido sabe que você não pode ter uma arma é claro que ele vai atacar, a situação fica como ele gosta", ponderou Conte Lopes. O deputado também comentou que o direito de legítima defesa está garantido pela Constituição e que não há um mundo de poesia onde há violência: "quem não gostaria de morar nesse mundo de poesia? Mas ele não existe, muito menos no Brasil".