Esclarecimentos sobre planejamento e operação do VLT


09/06/2010 17:20

Compartilhar:


O deputado estadual Fausto Figueira (PT) apresentou requerimento de informação na Assembleia Legislativa, dirigido ao secretário estadual dos Transportes Metropolitanos, José Luiz Portella Pereira, visando esclarecer vários aspectos relacionados com o planejamento e a operação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), sistema que integrará o transporte coletivo na Região Metropolitana da Baixada Santista.

Fausto Figueira enfatiza que a melhoria no sistema de transporte coletivo na Baixada Santista é uma antiga e justa reivindicação da população local e toda iniciativa que se volte para a melhoria da qualidade de vida dos moradores deve ser aplaudida, mas é preciso esclarecer alguns pontos para que não ocorram erros que, ao invés de melhorar, piorem ainda mais a condição de mobilidade dos habitantes.

"Esta integração é necessária e há tanto tempo adiada, mas alguns aspectos preocupam e é preciso que sejam devidamente avaliados", afirma o deputado, que colocou para o secretário José Luiz Portella Pereira diversas questões, entre elas:

1.Quando e como a Secretaria de Transportes Metropolitanos prevê a concessão das quatro etapas do VLT, considerando aspectos de investimentos e prazo?

2.Por que o projeto do VLT não contempla os municípios de Praia Grande, Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe?

3.Como está prevista a integração tarifária dos municípios da região metropolitana da Baixada Santista, a partir do funcionamento do sistema integrado?

4.Como os municípios, e os serviços de transporte coletivo neles concedidos, deverão se integrar ao sistema?



ffigueira@al.sp.gov.br