Homenagem

PLENÁRIO
28/10/2004 18:07


Depois de estender sobre a tribuna a bandeira do São Caetano Futebol Clube, Marquinho Tortorello (PPS) chorou a morte de Serginho, que sofreu parada cardíaca durante o jogo contra o São Paulo. "Ele partiu lutando pelo nosso São Caetano", considerou, lembrando que o time fora fundado em 1989 pelo próprio deputado, por seus pais e seus tios. Tortorello informou ainda que Paulo Sérgio estava entre os três atletas que mais contribuíram para a consolidação do clube.