Contra a Medida Provisória nº 232

PLENÁRIO
15/02/2005 19:19


Arnaldo Jardim (PPS) deixou registrado que, na condição de líder do PPS, dirigiu moção à Câmara Federal e ao Senado registrando seu protesto contra a Medida Provisória 232, de 30 de dezembro de 2004, que trata, entre outras matérias, do aumento da carga tributária das empresas prestadoras de serviços. O deputado citou o apoio que recebeu por meio de manifestações de diversos deputados da Casa, várias associações de classe - como Fiesp, Força Sindical e Ordem dos Economistas - e inúmeras entidades. "Lula aumentou a já pesada carga tributária imposta pelos governos de Fernando Henrique Cardoso. Que nossa manifestação possa ser um grito da sociedade contra essa atitude. Devemos lutar, sim, por uma urgente reforma tributária no país", afirmou.