Mesa Diretora e servidores oficializam acordo salarial

Proposta será remetida ao plenário nos próximos dias
25/09/2001 18:00


DA REDAÇÃO

A Mesa Diretora da Assembléia Legislativa e as entidades que representam os servidores da Casa formalizaram nesta terça-feira, 25/9, o acordo de reajuste dos salários, a partir de 1.º de setembro. O acordo foi obtido após intensa negociação e será remetido ao plenário sob forma de projeto de lei, para que seja aprovado nos próximos dias.

O acordo consiste em um reajuste de 10% no valor do salário-base; incorporação do abono de R$ 180,00 à gratificação legislativa; reajuste no valor do vale-refeição para R$ 7,20; seguro de vida em benefício dos agentes de segurança legislativa (motoristas); e participação das entidades na reformulação da Resolução 776/96 e na elaboração do Orçamento.

Segundo o presidente da Assembléia, deputado Walter Feldman, "a Mesa Diretora trabalhou em harmonia e com equilíbrio para definir os números do acordo". Ao final, Feldman convocou os servidores a participarem do projeto de modernização da Casa. "Queremos a participação dos servidores na discussão de um novo Parlamento", disse ele.

O primeiro secretário Hamilton Pereira e o segundo secretário Dorival Braga reforçaram o caráter democrático da negociação e o compromisso da continuidade do diálogo. O presidente da Associação dos Funcionários da Assembléia (Afalesp), José Carlos Gonçalves, e o presidente do sindicato dos servidores da Casa (Sindalesp), João Bosco da Silva, destacaram também a busca do diálogo para fechar o acordo. "Trabalhamos no sentido de valorizar o que existe de mais importante no Legislativo: o seu capital humano", afirmou Bosco.