Indicação visa ampliar acesso ao PEC - Formação Universitária

Programa pretende qualificar 7 mil professores efetivos e em exercício da rede estadual paulista
17/09/2001 16:43


DA ASSESSORIA

O deputado Aldo Demarchi (PPB) apresentou a Indicação 1.185, de 2001, que solicita ao governador do Estado de São Paulo providências para que sejam realizadas novas parcerias com órgãos públicos ou com a iniciativa privada, a fim de possibilitar o acesso de um maior número de professores estaduais e municipais, efetivos ou não, ao Programa Especial de Formação de Professores de 1.ª a 4.ª séries do Ensino Fundamental - PEC Formação Universitária.

O programa, desenvolvido pela Secretaria Estadual de Educação, tem como objetivo qualificar 7 mil professores efetivos e em exercício da rede estadual paulista que não possuem certificação universitária em licenciatura. Contará com a participação da USP, Unicamp, Unesp e PUC-SP, além de parceiros da iniciativa privada, e as universidades expedirão um diploma com validade nacional. Os professores que não têm certificação em licenciatura terão a oportunidade de adquiri-la gratuitamente, em curto espaço de tempo. No entanto, o benefício abrange tão-somente os professores efetivos não sendo estendido aos demais professores e aos da rede municipal de ensino. "Devemos levar em consideração que o maior beneficiado com a especialização do professor é o aluno. Por esta razão, não se pode fazer nenhum tipo de distinção quanto à oportunidade de qualificação do docente. O Executivo estadual deve promover novas parcerias a fim de possibilitar o acesso de todos os professores do Estado de São Paulo, sejam eles da rede estadual ou municipal de ensino, efetivos ou não, ao Programa Especial de Formação de Professores de 1.ª a 4.ª séries do Ensino Fundamental", justifica o deputado Aldo Demarchi.