Notas de Plenário


06/07/2007 20:01

Compartilhar:


Orçamento Participativo

Rui Falcão (PT) comentou a intenção do governo britânico de conceder o direito à população de participar nas decisões orçamentárias de seus governos locais e lembrou que o orçamento participativo foi introduzido no Brasil pelo PT. O deputado afirmou que os moradores locais conhecem mais do que ninguém as necessidades de suas áreas, por isso cada vez mais a população reclama por uma participação ativa. "A democracia é um valor permanente e deve ser exaltado por todos nós". Rui Falcão ainda defendeu o governo Lula, dizendo ser um governo transparente e o primeiro que se volta para a maioria da população.

Melhorias para policiais

Fernando Capez (PSDB) afirmou trabalhar para aprimorar as instituições. Ele relatou sua visita a uma associação de policiais e declarou ter detectado alguns problemas, por isso encaminhou propostas de melhorias para a Secretaria de Segurança. De acordo com o deputado, a repetição de delegados no plantão noturno é muito desgastante, por isso deve haver melhores condições de trabalho. Além disso, sugeriu a criação da Central de Flagrantes, um grupo com um número maior de delegados para melhorar os serviços. "Um intervalo maior entre as escalas também trará maior estímulo aos profissionais", afirmou.

Melhorias no ensino já

José Augusto (PSDB) falou da parceria existente entre ONGs e o Estado, em Pernambuco, que visa dar maior incentivo aos professores e funcionários das escolas através de premiações. "É um modelo que deveria ser copiado por todo o Brasil". O deputado salientou a importância das faculdades públicas e da abertura de mais vagas. "Deve haver um aumento de 10% para daqui a dez anos chegar na casa dos 40%". Conforme Augusto, as faculdades precisam ser reorganizadas e investir mais na formação dos professores, assim como valorizar a categoria. "O Brasil precisa investir maciçamente na educação".

Reajuste dos policiais

"Nesta quinta-feira, 5/7, o secretário da Segurança Pública, Ronaldo Marzagão, reuniu os representantes da polícia e a imprensa para divulgar a palhaçada que o governador José Serra decidiu fazer", contestou Major Olímpio (PV) ao falar da proposta de reajuste salarial dos policiais. De acordo com o parlamentar, os inativos e pensionistas não se beneficiaram com o projeto. "Eles, que trabalharam a vida inteira dando o sangue para garantir a segurança, não foram lembrados. É uma vergonha o que propuseram. Os policiais que trabalham em municípios com menos de 50 mil habitantes receberão 12%, os delegados de 12 a 23%, os soldados que trabalham em locais com população superior a 500 mil habitantes, terão aumento de R$89,42". Olímpio ainda disse que está previsto para 2008 um seguro por acidente a quem for ferido em serviço, que entra no pacote de reajuste, porém, conforme o deputado, este não é um benefício, e sim um dever do Estado.

Despoluição do Sapateiro

Adriano Diogo (PT) parabenizou a ação da Sabesp em despoluir o córrego do Sapateiro, que leva águas poluídas para a região do Ibirapuera. "Luta travada há mais de 40 anos". É uma notícia de extrema importância". Em relação a abertura da CPI da CDHU, o deputado disse que tudo precisa ser investigado. "Não queremos apenas um bode expiatório".