Da Tribuna


19/06/2015 17:10 | Da Divisão de Taquigrafia da Assembleia


CORONEL TELHADA - Presta homenagem a Luiz Blazeck, ex-delegado geral da Polícia Civil, falecido em 18/6. Comenta caso de policial militar baleado em Embu das Artes. Defende posicionamento favorável à prisão perpétua e contrário à pena de morte. Apoia a redução da maioridade penal.

JOOJI HATO - Sugere a realização de blitze do desarmamento. Relata caso do policial Elias Brasil, baleado quando saía de casa. Cita leis, de sua autoria, que buscam diminuir a violência no trânsito. Manifesta-se favorável à redução da maioridade penal em todos os casos, não apenas para crimes hediondos.

CARLOS GIANNAZI - Agradece a seus pares pela derrubada do veto ao PL 7/2009, de sua autoria, que estabelece limite numérico em salas com alunos portadores de necessidades especiais. Afirma que a inclusão deve ser feita de maneira responsável. Combate a superlotação de salas de aula.

CARLOS GIANNAZI - Considera improvável que o Estado de São Paulo aprove seu Plano Estadual de Educação até 24/6, data estabelecida pelo Plano Federal. Declara que não houve debates com a sociedade para elaboração do plano. Afirma que a Educação deve ser uma política de Estado, não do partido no poder.