Protesto contra alienação de imóveis pelo governo do Estado


13/06/2016 14:48 | Da assessoria da deputada Márcia Lia


Márcia Lia voltou a fazer críticas ao Projeto de Lei 328/2016, de autoria do Executivo, que prevê a venda de 79 imóveis do Estado. Algumas das áreas elencadas na propositura são hoje destinadas à pesquisa científica. "Precisamos dizer "não" ao que está acontecendo. Isso significa a concessão de próprios públicos, entrega de patrimônios do povo paulista à iniciativa privada", pontuou a deputada durante audiência pública realizada na Assembleia Legislativa na quinta-feira, 9/6.

A atividade, que reuniu os deputados petistas Carlos Neder e Ana do Carmo, advogados de instituições afetadas e sociedade civil, especialmente pesquisadores e cientistas, teve caráter informal. Isso porque a tramitação do PL, que chegou à Casa em regime de votação de urgência, está suspenso momentaneamente devido a uma liminar concedida pelo Tribunal de Justiça.

"Precisamos nos mobilizar. Esta semana, a base do governo se articulou e aprovou o Projeto que concede por 30 anos 25 parques estaduais, estações experimentais e florestas. Não bastasse isso, agora temos esse PL 328/2016", disse. Segundo Márcia, dentre os imóveis estão espaços da juventude, de grupos recreativos, institutos de pesquisa, áreas importantes do estado que poderiam, inclusive, ser destinadas à agricultura e reforma agrária. "Não podemos permitir o que está ocorrendo no Estado nem no Brasil".

marcialia@al.sp.gov.br