Comunidade turca é homenageada na Assembleia


19/05/2017 17:52 | Keiko Bailone - Foto: José Antonio Teixeira

Carlão Pignatari (à dir) e mesa condutora da homenagem<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-05-2017/fg202601.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Homenagem à comunidade turca na Alesp<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-05-2017/fg202600.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Público presente<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-05-2017/fg202598.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Público presente<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-05-2017/fg202599.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Representantes da comunidade turca reuniram-se nesta quinta-feira, 18/5, na Assembleia Legislativa, para um ato solene em comemoração ao Dia da Comunidade Turca. Esta iniciativa coube ao deputado Carlão Pignatari (PSDB), autor da lei que instituiu essa data para homenagear o povo turco.

O deputado Fernando Capez (PSDB) foi o primeiro a saudar os presentes, lembrando que, à época em que era presidente nesta Casa (2014 a 2016), esteve na Turquia a convite do Centro Cultural Brasil Turquia (CCBT). Por esta razão quis homenagear a comunidade turca no Brasil e solicitou a Pignatari que apresentasse projeto com esse objetivo. Transformado na Lei Estadual 15.989/2015, passou-se a celebrar O Dia da Comunidade Turca na Assembleia Legislativa, nos moldes em que ocorre na Câmara Municipal de São Paulo. Capez fez menção à "dimensão internacional" do Parlamento paulista, motivo que o levava a receber cônsules e embaixadores de vários países e dedicar-se às relações diplomáticas. Portanto, justificou, ao conhecer os ideais do CCBT de promover o diálogo, a integração, a solidariedade, o entendimento intercultural e a educação entre os povos, não poderia deixar que o trabalho dessa instituição fosse "apagado ou ocultado por qualquer ação que viesse a denegrir uma cultura milenar".

Os agradecimentos foram feitos por Ana Helena Murti e Mustafá Goktepe, respectivamente presidente do Conselho Consultivo e presidente do CCBT. Ana Murti informou sobre as mais recentes atividades do Centro, como o intercâmbio de artistas de Istambul, desenvolvido em parceria com o Itaú Cultural e referiu-se ao atual cenário político da Turquia.

"Aumenta o número de turcos que chegam ao Brasil; espero que sejam bem vindos e aqui possam ter uma vida melhor, mais igualitária e com direitos", disse, ao acrescentar que uma das melhores ferramentas para a integração é a cultura. Mustafá Goktepe também se referiu ao "momento nada bom" da Turquia, e lamentou o fato de os turcos nato brasileiros não poderem fazer muito mais em prol dos compatriotas. Reafirmou o objetivo da CCBT de lutar pelos valores democráticos e direitos humanos.

Na sequência, foram entregues troféus da terceira edição do Prêmio CCBT a personalidades do universo acadêmico, cultural, mídia e especial, que contribuíram para a aproximação entre os dois países. Foram homenageados: Clarita Costa Maia, presidente da Comissão de Relações Internacionais da Ordem dos Advogados do Brasil no Distrito Federal; Luiz Henrique Pereira da Fonseca, cônsul geral do Brasil em Istambul (2012 e 2015); Peter Demant, professor de História e Relações Internacionais da Universidade de São Paulo; Fernando Altemeyer Junior, professor de Filosofia, Teologia e Ciências da Religião da Pontifício Universidade Católica de São Paulo; Vanessa Braga Matijascic, professora visitante de Segurança Internacional da Universidade Federal de São Paulo; e Mikaele Akeme, estudante do Centro Educacional de Diadema, participante do Festival Internacional de Língua e Cultura em 2016.