Estado de São Paulo Transparência ALESP
10/01/2018 15:58

Opinião - A importância do Janeiro Roxo

Welson Gasparini


Em um dos meus pronunciamentos na Alesp, no último mês de dezembro, focalizei a iniciativa da Sociedade Brasileira de Hansenologia (SBH) em enviar, em todo o Brasil, uma carta alertando e convidando empresas, veículos de comunicação e jornalistas a aderirem à campanha Janeiro Roxo, um mês dedicado à conscientização sobre essa doença. Isto porque, em 2016, o Ministério da Saúde oficializou o mês de janeiro e consolidou a cor roxa para campanhas educativas sobre a hanseníase.

A hanseníase, vale repetir a explicação, durante milênios foi conhecida como lepra, mas por motivo justo a denominação foi mudada, pois criava-se até um certo preconceito quando a pessoa dizia "estar com lepra" ou "leprosa". A hanseníase, a antiga lepra, coloca o Brasil " infelizmente " em segundo lugar mundial em número de casos, atrás apenas da Índia.

A SBH também me procurou " por meio da sua assessoria de comunicação, comandada pela jornalista Blanche Amâncio " pedindo minha colaboração junto à Assembleia Legislativa e ao governo do Estado - e eu me comprometi a usar a tribuna da Alesp e todas as possibilidades junto com os companheiros para ser porta-voz da atuação dessa entidade, ampliando o apelo junto aos formadores de opinião e aos veículos de comunicação para divulgarem a campanha e as informações sobre a doença.

A SBH é uma entidade médica, completando agora 70 anos, responsável pela certificação dos médicos hansenologistas do país e pelo lançamento, em 2016, da campanha nacional Todos Contra a Hanseníase, envolvendo cartilha educativa, spots de rádio e vídeo já implantados em vários municípios brasileiros. Ela disponibiliza eletronicamente essa cartilha educativa e o vídeo para serem exibidos em reuniões, palestras, semanas internas de prevenção de acidentes, de aulas etc. As empresas ou veículos de comunicação que quiserem disponibilizar a cartilha em seus sites e redes sociais podem personalizá-la com logomarca na capa. A mascote da campanha, chamada de Profi, pode participar de ações educativas. A SBH disponibiliza seu departamento de marketing para auxiliar na viabilização de ações educativas para a campanha Janeiro Roxo 2018.

A hanseníase é uma doença transmitida por um bacilo. O tratamento é gratuito em todo o Brasil e dura de seis meses a um ano. Esperamos que principalmente os grupos de comunicação deem um amparo maior a essa campanha da Sociedade Brasileira de Hansenologia. Solicitei à presidência da Alesp que cópias do meu pronunciamento sobre a hanseníase e sobre a campanha sendo desenvolvida neste mês de janeiro sejam enviadas ao governador Geraldo Alckmin, que é médico, e ao secretário da Saúde David Uip, para o governo do governo do Estado nela entrar efetivamente para combater " pelo esclarecimento " a antiga lepra, agora conhecida como hanseníase. A saúde pública " frisei bem " agradecerá a atenção do nosso governo para a importância desse Janeiro Roxo no contexto da própria conscientização da comunidade brasileira sobre os riscos de uma moléstia ainda rondando o cotidiano das nossas famílias.

Welson Gasparini é deputado pelo PSDB e ex-prefeito de Ribeirão Preto