Opinião - Licença para matar


06/02/2019 16:56 | Atividade parlamentar | Márcia Lia

Compartilhar:


O pacote anticrime apresentado pelo ex-juiz que condenou Lula sem provas, hoje ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, facilita aos agentes públicos da segurança o direito de matar, com a ampliação do conceito de agir em legítima defesa. 

As ressalvas precisam ser feitas: o policial, por vezes, é obrigado a reagir diante de uma situação em que pode perder a própria vida. Mas há também policiais que forjarão situações que caracterizam puro extermínio. Há casos e casos. 

É preciso tomar cuidado e não facilitar a violência policial contra populações vulneráveis, negros, pobres e marginalizados sociais. O pacote de Moro é a cara do governo Bolsonaro: se alguém não for amigo, é inimigo ou bandido. 

Ao mesmo tempo em que o presidente arma a população, a polícia recebe chancela para matar. Muita calma nessa hora.

* Márcia Lia é deputada pelo PT