Covid-19 está sendo usada como pretexto para implantação de EaD nas escolas públicas


14/04/2020 14:53 | Atividade Parlamentar | Da assessoria do deputado Carlos Giannazi


Para o professor do departamento de geografia da USP Eduardo Donizeti Girotto, a crise do coronavírus está sendo utilizada para consolidar a implantação da educação a distância (EaD) nas escolas públicas, modelo que vai precarizar ainda mais o ensino público e ampliar as desigualdades históricas do país. "Quando a Secretaria da Educação parte do pressuposto de que todo aluno terá a mesma condição de continuar os estudos a distância, ela toma uma falsa igualdade em um contexto profundamente desigual."

Convidado para o debate virtual promovido pelo deputado Carlos Giannazi e o vereador Celso Giannazi (ambos do PSOL) em 7/4, Girotto vê a mídia apontando a Covid-19 como o grande inimigo, quando o verdadeiro inimigo tem mais de 40 anos de história e se chama neoliberalismo. "O que mata não é o vírus, mas o modelo de desenvolvimento econômico que reproduz desigualdades e contradições. O debate hoje é quem são os sujeitos sociais que têm o direito ao isolamento garantido pelas forças políticas."

O educador vê ainda uma substituição da lógica da garantia de direitos pela da doação. Essa inversão de valores pode ser observada quando o governo federal convoca profissionais da saúde e oferece pouco mais de R$ 600 como ajuda de custo. "Antes de serem heróis, eles são profissionais e devem ser valorizados como tais." Também as doações de empresários, alardeadas pelo governador Doria, não substituem um Estado de bem-estar social. "Não é de esmola que o povo precisa", resumiu.