14/08/2009 - 41a Solene

COMEMORAÇÃO DO "SESQUICENTENÁRIO DO CORPO MUSICAL DA POLÍCIA MILITAR DE SÃO PAULO"
Íntegra da Sessão publicada no Diário Oficial em 02/09/2009:

Resumo da Sessão
Presidência : CONTE LOPES
1 - Presidente CONTE LOPES
Abre a sessão. Nomeia as autoridades presentes. Comunica que esta sessão solene foi convocada pelo Presidente Barros Munhoz, por solicitação do Deputado Conte Lopes, ora na direção dos trabalhos, com a finalidade de comemorar o "Sesquicentenário do Corpo Musical da Polícia Militar de São Paulo". Convida o público presente a ouvir, de pé, o Hino Nacional Brasileiro.
2 - OLÍMPIO GOMES
Cumprimenta a postura do Deputado Conte Lopes, como defensor dos interesses e das causas da Polícia Militar. Diz da importância para a Polícia Militar, de chegar a ter um representante na Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Manifesta o seu reconhecimento do importante papel que teve o Corpo Musical da Polícia Militar na história do Brasil e na história do povo paulista. Lembra que os membros do Corpo Musical, além de serem excepcionais músicos, são também excepcionais policiais militares na missão precípua de polícia.
3 - Presidente CONTE LOPES
Agradece as palavras do Deputado Olímpio Gomes e cumprimenta-o pela combatividade. Anuncia a apresentação da Camerata da Polícia Militar e do Coral, sob a regência do 2º Tenente Músico PM Ismael Alves de Oliveira com as músicas: "Meu País", de Ivan Lins e Vítor Martins e "Caçador de Mim", de Luiz Carlos de Sá e Sérgio Negrão. Anuncia a leitura da síntese histórica do Corpo Musical, pela Tenente Glauce. Anuncia a apresentação de vídeo institucional do Corpo Musical. Saúda o Coronel PM Nevoral Alves Bucheroni, subprefeito de Pinheiros.
4 - RENATO MAXIMIANO DA SILVA
Capitão Músico PM, Comandante do Corpo Musical, cumprimenta as autoridades presentes e a todos os oficiais e praças e funcionários civis da Polícia Militar. Diz que o Corpo Musical trabalha há 152 anos, prestando serviço à Comunidade Paulista e que acompanhou a transição do Império para a República e a luta em defesa da Constituição. Informa que o Corpo Musical presta dois atendimentos por dia aos mais diversos clientes da sociedade paulista, sem esquecer a missão específica do policial militar, que é o policiamento extensivo e preventivo.
5 - Presidente CONTE LOPES
Anuncia a presença do 3º Sargento Reformado, PM Élcio Inocente, Presidente da Associação dos Policiais Militares Portadores de Deficiência Física do Estado de São Paulo.
6 - RENATO MAXIMIANO DA SILVA
Comandante do Corpo Musical presta homenagem ao Presidente Conte Lopes e a diversas personalidades do Alto Comando da Polícia Militar do Estado de São Paulo.
7 - Presidente CONTE LOPES
Anuncia a apresentação da Camerata da Polícia Militar e do Coral, com as músicas: "Can't Help Falling in Love" e "Canto della Terra". Entrega homenagem ao Capitão Músico PM Renato Maximiano da Silva, Comandante do Corpo Musical.
8 - DANILO ANTÃO FERNANDES
Coronel, Subcomandante da Polícia Militar, manifesta a honra de estar presente a essa homenagem a uma corporação que acompanha a história da Polícia Militar. Diz com orgulho que a Polícia Militar está no sangue de sua família, desde 1880. Lembra que o Corpo Musical leva o nome de seu bisavô. Lembra que o Corpo Musical também faz policiamento e traz segurança à população.
9 - ÁLVARO BATISTA CAMILO
Coronel, Comandante da Polícia Militar, cumprimenta a todos os integrantes do Corpo Musical e o parabeniza pelo que tem feito pela Polícia Militar. Lembra que o Corpo Musical tem a jornada musical e a jornada do policiamento. Cumprimenta o Presidente Conte Lopes e lembra que é a segunda vez que um policial militar assume a Presidência da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, e que o primeiro foi Tobias de Aguiar. Deseja que Deus possa permitir que continuem por muito tempo a contar com a preciosa ajuda de todos os integrantes do Corpo Musical.
10 - Presidente CONTE LOPES
Convida a todos para ouvir a apresentação do Canto da Canção do Corpo Musical, de autoria do 1º Tenente Gildo Vendramini, sob a regência do 2º Tenente Músico PM David Serino da Cruz. Cumprimenta a todos e diz que teve a iniciativa de homenagear o Corpo Musical da Polícia Militar do Estado de São Paulo porque, desde que entrou nesta Casa, há 22 anos, o Corpo Musical está aqui prestigiando as sessões solenes. Reportando-se à sua carreira na Polícia Militar, lembra que o Corpo Musical o recebeu no batalhão, na Academia do Barro Branco, em 1970, e quando recebeu a espada. Parabeniza o Corpo Musical pelo seu trabalho e por defender o povo de São Paulo com o sacrifico de sua própria vida. Agradece a todos que colaboraram para o êxito desta solenidade. Encerra a sessão.