O Parque Estadual do Rio do Peixe abriga uma diversidade grande da fauna e da flora brasileira


26/01/2011 19:00

Rio do Peixe<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/01-2011/ParqueEstadualdoRiodoPeixec.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>  <a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/01-2011/riodopeixe 3.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Rio do Peixe<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/01-2011/ParqueEstadualdoRiodoPeixea.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>  <a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/01-2011/riodopeixe 1.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>  <a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/01-2011/riodopeixe.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Rio do Peixe<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/01-2011/ParqueEstadualdoRiodoPeixeb.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>  <a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/01-2011/riodopeixe 2.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Localizado nas várzeas do rio do Peixe, abrangendo os municípios de Ouro Verde, Dracena, Presidente Venceslau, Piquerobi, Junqueirópolis e Santo Anastácio, as áreas do Parque Estadual do Rio do Peixe foram declaradas de utilidade pública em 2005, ano em que foi aberto ao público.

Cortado pelo rio do Peixe, que nasce na cidade de Garça e é o principal abastecedor de águas de Presidente Prudente, entre vários municípios, o Parque Estadual tem como objetivo principal conciliar a proteção integral da flora, da fauna e das belezas naturais com sua utilização para fins educacionais, recreativos e científicos. Suas características naturais são muito semelhantes às do Parque Estadual do Aguapeí.

O parque foi dimensionado originalmente com 7.720 hectares, como compensação pela implantação da Usina Hidrelétrica Engenheiro Sergio Motta. Sua principal função é a de resguardar amostras dos ecossistemas que outrora existiam nas desembocaduras dos rios paulistas que deságuam no Rio Paraná, locais que apresentavam vegetação exuberante e fauna típicas de banhados e varjões.

As matas são de vegetação adaptada às condições de elevada umidade dos solos encharcados ou submetidos a inundações periódicas, com a formação de lagoas e meandros nos quais ocorre uma elevada produtividade orgânica que contribui para a formação de rica biomassa vegetal, que dá suporte e mantém o hábitat de variada flora e fauna.

A área inclui uma pequena, mas resistente população de cervo-do-pantanal (Blastocerus dichotomus), o maior cervídeo da América do Sul, que integra a lista oficial brasileira de mamíferos ameaçados de extinção.

Contém ainda grande variedade de espécies, como a onça-parda, gato-do-mato, porco-espinho, queixada, cateto, anta, veado-mateiro ou catingueiro, lontra, ariranha, raposa, cotia, paca, gambá, teiú, jacaré-preto, jacaré-do-papo-amarelo, capivara etc. Entre as aves, destacam-se o jaburu, colhereiro, garça, garça-parda, socó-boi, anhuma, pato-selvagem, gavião-pomba, tucano-de-bico-amarelo e tucano-de-bico-vermelho.