Mostra fotográfica de esculturas de Nino Ferraz no Espaço Cultural V Centenário


18/07/2007 15:50

Compartilhar:

Crítico Emanuel von Lauenstein Massarani e Nino Ferraz<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/03-2008/escolhida2.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Aspectos da mostra <a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/03-2008/escolhida1.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

O Espaço Cultural V Centenário abriga desde esta segunda-feira uma exposição com os banners das oito esculturas do artista paulista Nino Ferraz, que foram inauguradas em 15/7 na Vila do Pan, no Rio de Janeiro.

Concebido com aço doado pela Arcelor Mittal Belgo, o conjunto escultórico " que representa uma releitura de modalidades esportivas incluídas nos XV Jogos Pan-americanos Rio 2007 ", segundo o crítico Emanuel von Lauenstein Massarani, "revela também uma importante inovação: leveza da escultura em relação ao peso do aço através do equilíbrio e ao movimento giratório que suas obras possuem".

Ao falar na abertura da mostra, o superintendente do Patrimônio Cultural res­saltou que Nino Ferraz é "possuidor de uma cultura que contempla um preciso território das artes contemporâneas: do neo-plasticismo ao construtivismo e ao concretismo na sua mais ampla acepção, Nino Ferraz apropriou-se rapidamente de meios lingüísticos que experimentava. Após as iniciais mutações, começou a delinear uma imagem onde a fórmula de laboratório cede, gradualmente, a uma implantação mais livre e solta na sua incisiva elaboração. Nela, usa intervenções cromáticas, geralmente vermelhas, entendidas a dar relevo a toda a intrínseca conexão formal".

O artista conhecido como escultor do aço, cuja obra Coral em aço está incluída no acervo do Museu de Arte do Parlamento de São Paulo, terá sua mostra transferida nas próximas semanas para o Museu de Arte do Esporte Olímpico, recentemente inaugurado no Ibirapuera.