Impasse no Judiciário é o tema principal da audiência de Rio Claro

Audìência Pública LOA 2011
14/06/2010 20:45

Compartilhar:

Audiência pública sobre o Orçamento estadual 2011 na Câmara de Rio Claro<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/06-2010/RioClaro14jun10mmy29.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> A audiência foi realizada pela Comissão de Finanças e Orçamento<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/06-2010/RioClaro14jun10mmy7.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Presidente da Câmara pede construção de um aeroporto regional na cidade



Metade do público presente à audiência pública sobre o Orçamento estadual 2011, realizada pela Comissão de Finanças e Orçamento, na Câmara de Rio Claro, nesta segunda-feira, 14/6, era composta por funcionários do Poder Judiciário.

Segundo Marcos Miranda, servidor do Judiciário lotado em Piracicaba, a categoria encontra-se em greve em todo o Estado desde 28/4 pelo cumprimento da data-base e de outros direitos. Ele explicou que os servidores do Poder Judiciário têm trabalhado cerca de 12 horas por dia e não têm usufruído férias, sem qualquer compensação financeira por isso.

O presidente da comissão, Mauro Bragato (PSDB), disse que a CFO sugeriu, em seu relatório ao Orçamento estadual de 2010, um aporte de R$ 2 milhões para o Poder Judiciário. "O Poder Legislativo fez a sua parte. Já o Poder Judiciário precisa ser mais transparente e também informar seus funcionários sobre como aplica os recursos de que dispõe."

O deputado Aldo Demarchi (DEM), 2º secretário da Assembleia Legislativa, ressaltou que a audiência pública é um espaço importante para o conhecimento das demandas populares e que a construção do fórum de Rio Claro e a ampliação do campus da Unesp foram resultado de reivindicações feitas em audiências anteriores, realizadas na cidade.

A presidente da Câmara de Rio Claro, Monica Messeti, propôs a construção de um aeroporto regional na cidade, com a finalidade de que Rio Claro possa sediar jogos da Copa 2014, que será realizada no Brasil. Foram solicitadas por outros cidadãos: a construção de prédio próprio para o IML e de hospital regional em Rio Claro; a implantação do projeto Vila do Idoso, em Rio Claro; e a oferta de cursos profissionalizantes, de forma a atender os jovens da cidade. Para Analândia, foram reivindicadas ações ambientais, como coleta seletiva de lixo e despoluição da bacia do rio Corumbataí.



A próxima audiência pública da Comissão de Finanças e Orçamento acontece nesta quinta-feira, 17/6, às 19h, na Câmara de Araçatuba.