Obras no Morro Nova Cintra são retomadas


16/05/2008 08:57

Bruno Covas nas obras do Conjunto Habitacional Cruzeiro do Sul, no Morro Nova Cintra, em Santos<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/05-2008/BRUNO COVAS MORRO NOVA CINTRA.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

O deputado Bruno Covas (PSDB) esteve no Morro Nova Cintra, em Santos, nesta quarta-feira, 14/5, para participar da cerimônia de retomada das obras do Conjunto Habitacional Cruzeiro do Sul, que faz parte do pacote de imóveis adquiridos da Caixa Econômica Federal. Os 160 apartamentos desse conjunto vão atender famílias vítimas do incêndio da Vila Alemoa, ocorrido em dezembro de 2006.

"O governo do Estado tem feito investimentos maciços no setor de habitação na Baixada Santista. No último sábado, 10/5, estive com o secretário de Habitação, Lair Krähenbühl, em Bertioga e Guarujá, e na segunda, 12/5, juntamente com vereadores santistas, discutimos a questão dos cortiços durante reunião na Secretaria da Habitação, na capital", lembrou Bruno, que participou da cerimônia ao lado do governador José Serra, dos deputados Luciano Batista (PSB) e Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), do prefeito João Paulo Tavares Papa e demais autoridades.

As outras unidades adquiridas terão a seguinte destinação: 700 unidades serão reservadas para o município de São Vicente, com prioridade para a conclusão da urbanização da Favela México 70; 979 moradias atenderão à demanda geral das cidades de Praia Grande, Peruíbe e Itanhaém; 800 unidades servirão como retaguarda para o reassentamento de famílias do Programa de Recuperação Socioambiental da Serra do Mar.

O secretário estadual de Habitação, Lair Krähenbühl, ressaltou que a compra desses empreendimentos possibilitou o atendimento quase imediato das famílias necessitadas. "A partir desta compra, o Estado poderá atender essas demandas de forma mais rápida, com prazos de conclusão de obras muito menores e com moradias de qualidade", afirmou.

Lair Krähenbühl também assinou acordo em Itanhaém para a construção, pela CDHU, de 500 moradias em um terreno de 54 mil metros quadrados no Jardim Tanise.



bcovas@al.sp.gov.br