Deputado debate com funcionários crise do IPT


19/08/2003 18:18

Compartilhar:

Deputado Emidio de Souza (terceiro da esquerda para a direita) participa de encontro com funcionários do  Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT)<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/hist/emidio19ago.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Da assessoria do deputado Emidio de Souza

O 1º secretário da Assembléia Legislativa, deputado Emidio de Souza (PT), participou, no último dia 18/8, das discussões com os funcionários do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), que enfrenta uma grave crise financeira em decorrência da redução de verbas estaduais.

Durante a reunião na sede da Associação dos Funcionários do Instituto de Pesquisas e Tecnologia do Estado de São Paulo (ASSIPT), na Cidade Universitária, realizada em conjunto com o Sindicato dos Trabalhadores em Pesquisa Ciência e Tecnologia (SinTPQ), foram relatados pelos funcionários do IPT, as reduções orçamentárias que vem sendo praticadas. Em 1994, a dotação orçamentária oriunda do Estado era de R$ 160 milhões. Já em 2002, esse total caiu para R$ 42 milhões.

De acordo com Geraldo Antunes, presidente da ASSIPT, "essa situação nos leva a viver momentos de dificuldade extrema, acumulando dívida de R$ 34 milhões, inclusive junto à Previdência, o que nos impossibilita de atuar adequadamente", opinião compartilhada por David Cecchetti, presidente do SinTPQ, e pelo vereador de Osasco Aloisio Pinheiro (PT), funcionário licenciado do IPT que também esteve presente à reunião.

Para o deputado Emidio, "devemos realizar um esforço conjunto para não deixar que o IPT se transforme em um animal em extinção, desaparecendo aos poucos com a atual política do governo do Estado, que tem intenções claras de cortar verbas não só para o IPT, mas também para todos os demais institutos de pesquisa, ciência e tecnologia de São Paulo, obrigando-os à privatização para a obtenção de verbas próprias".

O deputado sugeriu ainda que se faça uma ampla mobilização, com a participação de comissões de representantes do IPT em audiências públicas, nas discussões para a definição de Orçamento para 2004 e também nas audiências para o Plano Plurianual (PPA) 2004/2007, que pela primeira vez serão realizadas pela Assembléia Legislativa.



emidio@al.sp.gov.br