Botucatu receberá reforço no efetivo da PM


18/02/2005 17:27

Encontro entre o deputado Milton Flávio, o prefeito de Botucatu, Mário Lelo, e autoridades das polícias Militar e Civil<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/hist/Botucatu m flavio.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Da assessoria do deputado Milton Flávio

Na próxima semana, a cidade de Botucatu recebe um reforço de 20% no efetivo da Polícia Militar e duas novas viaturas para ajudar na segurança da cidade. Além disso, está sendo estudada a possibilidade da contratação de soldados temporários voluntários, que seriam treinados pela PM e remunerados pelo município para aumentar em mais 10% o efetivo da polícia militar na cidade.

As decisões foram tomadas na quinta-feira, 17/2, durante encontro entre o deputado Milton Flávio (PSDB), o prefeito de Botucatu, Mário Ielo, e autoridades das polícias Militar e Civil, que se reuniram em Sorocaba para apontar soluções que melhorem a segurança em Botucatu e região. Participaram do encontro ainda o coronel da PM e comandante do CPI-7, Raugeston Bizarria Dias, o tenente-coronel comandante do 12º Batalhão de Botucatu, Walmir da Conceição Vieira, o delegado de Polícia e diretor do Departamento de Polícia Judiciária, Deinter 7, José Maria Coutinho Florenzano e o delegado seccional de Botucatu, Tadeu Campos da Costa.

Outra alternativa discutida para melhorar a segurança em Botucatu diz respeito à construção de um Centro de Detenção Provisória fora da área urbana, que poderia ser erguido em terreno comprado pelo município ou doado pelo Estado. Essa iniciativa evitaria que os integrantes da PM ou da Polícia Civil fossem acionados nas escoltas dos presídios, o que é um desvio de função e prejudica tanto as investigações quanto o policiamento ostensivo.

As autoridades participantes do encontro foram unânimes em afirmar que seria preciso criar um batalhão da PM em Avaré, o que depende de projeto na Assembléia Legislativa. No ano passado, a criação de novos batalhões foi discutida no Legislativo, entretanto a região não contava com deputado a representando e acabou não sendo beneficiada.

Para Milton Flávio esse fato ressalta a importância de uma região ter um representante na Assembléia Legislativa. "Se eu estivesse exercendo mandato na época, com certeza teria lutado a favor de Avaré e hoje este problema já estaria solucionado".

gabmiltonflavio@al.sp.gov.br