Deputados comentam a posse de Rodrigo Garcia

Na cerimônia de posse como governador interino do Estado de São Paulo, o deputado Rodrigo Garcia ouviu os pronunciamentos de seus pares. Leia o que disseram os parlamentares:
05/10/2006 17:38

Compartilhar:

Cerimônia de posse de Rodrigo Garcia como governador interino<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/03-2008/Posse PresRodrigo4184-rob.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

"É a juventude na política, que se investe de ética, de compromisso e de seriedade", afirmou Ana Martins (PC do B), lembrando de mudanças importantes na atuação da Assembléia, como a participação da sociedade na discussão do Orçamento.

"Quando o elegemos presidente desta Casa, tínhamos certeza de que viria para engrandecer o Legislativo paulista, tratando todos os deputados de maneira igual", disse Baleia Rossi (PMDB). "Sentimos orgulho de vê-lo assinar o livro como o governador mais jovem da história de São Paulo."

"A bancada do PT sabe que desempenhou um papel importante ao contribuir para conduzi-lo à Presidência da Casa", afirmou o deputado Sebastião Arcanjo (PT). "Que nas próximas 48 horas o Estado de São Paulo possa dar um salto de qualidade."

"O Partido Verde sempre depositou um carinho e uma responsabilidade muito grandes em Vossa Excelência e sabe da carreira brilhante que desempenhou no Parlamento paulista. É o mais jovem em idade, mas a experiência a ultrapassa, e muito", declarou Paulo Sérgio (PV).

"Um escritor já disse que quem quer ser universal tem de primeiro cantar sua aldeia", disse Vaz de Lima (PSDB). "Isso (a posse) coroa sua carreira nesses dois mandatos. Esperamos que Vossa Excelência deixe uma marca muito boa, muito positiva, de sua personalidade."

"Que Vossa Excelência tenha sorte nesse período à frente do Executivo do Estado de São Paulo", foi o que desejou Conte Lopes (PTB).

"O Rodrigo é preparado, é um jovem com atitudes certeiras. Será um representante à altura, pela sua jovialidade e pela sua experiência, pela sua capacidade de resolver problemas", afirmou Afanasio Jazadji (PFL), para quem 40 milhões de habitantes do Estado estarão sob os cuidados desse jovem "quase menino".

"É uma pessoa especial, de quem aprendemos a gostar pela sua postura, seu equilíbrio e sua competência", disse Maria Almeida (PRB).

"Eu me sinto realmente orgulhoso como o mais antigo deputado desta Casa " não o mais velho, o mais antigo " ao assistir a uma cerimônia deste porte", declarou Antonio Salim Curiati (PP), que propôs reforma constitucional para assegurar que o equilíbrio entre os poderes no Estado de São Paulo seja efetivamente assegurado.