Melhor infraestrutura para segurança pública é a principal demanda de Guarulhos

Audiência Pública LOA 2011 - Guarulhos
01/06/2010 19:47

Compartilhar:

Enio Tatto<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/06-2010/GUARULHOSTattoZED_7460.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Aeroporto Internacional de Guarulhos<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/06-2010/guarulhos.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Audiência em Guarulhos debate Orçamento estadual 2011<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/06-2010/GUARULHOSmesa_7582 copy.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Alan Neto  <a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/06-2010/GUARULHOSalan neto1ZE.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Lameh, vereador <a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/06-2010/GUARULHOSver. lame3ze.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

A falta de infraestrutura na segurança pública de Guarulhos é o maior problema para a população da região. A demanda por investimentos nessa área foi apresentada na audiência pública promovida pela Comissão de Finanças e Orçamento, nesta segunda-feira, 31/5, na Câmara Municipal de Guarulhos, para debater o Orçamento estadual 2011.

Sob a coordenação do deputado Enio Tatto (PT), vereadores de Guarulhos apresentaram propostas para aplicação do Orçamento estadual. Tatto abriu a reunião lembrando que "ouvir a população é uma forma de se avançar no processo para uma melhor distribuição do dinheiro público".

O presidente da Câmara de Guarulhos, Alan Neto, afirmou que Guarulhos necessita da presença de maior efetivo da Polícia Militar, de mais distritos que funcionem 24h e de uma guarnição do Corpo de Bombeiros em Bonsucesso.

Os vereadores Alencar Santana, Lameh e Auriel reivindicaram ações de combate às enchentes, mais recursos para segurança pública, recuperação da estrada do Cabuçu, trem expresso de ligação à capital, saneamento básico e moradias populares.

Além dos vereadores, componentes do Orçamento Participativo do município também se manifestaram e reforçaram os pedidos feitos pelos vereadores, e ainda pleitearam a reativação da escola do parque Santos Dumont, benfeitorias para a periferia, desistência da instalação de presídio no município, dotação orçamentária para efetivar a ampliação do Hospital Geral de Guarulhos e políticas públicas para os jovens.

Mogi das Cruzes foi representada por Maria Aparecida Leal, diretora regional da Apampesp, que formulou solicitações para os professores aposentados.



A próxima audiência acontece na segunda-feira, 7/6, às 10h, na Câmara de Registro.



Guarulhos: um pouco de história



Guarulhos localiza-se a nordeste da Região Metropolitana de São Paulo, a 17 km da capital, situando-se no principal eixo de desenvolvimento do país (São Paulo/Rio de Janeiro).

Em sua origem, Guarulhos era elemento de defesa do povoado de São Paulo. A mineração de ouro foi responsável pelo crescimento econômico da região. As minas foram descobertas em 1590 por Afonso Sardinha e localizavam-se na atual região do bairro dos Lavras.

Entre os séculos 17 e 18 houve grande interesse por Guarulhos, o que se verifica pela quantidade significativa de ordens estabelecendo sesmarias expedidas para a região.

Os sesmeiros se dedicaram à agricultura e à mineração, além de criarem gado. Nos anos seiscentistas foram construídos engenhos de açúcar para a produção de álcool e aguardente, atividade que permaneceu até o início do século 20.

O início do século 20 foi marcado pela chegada da estrada de ferro, da energia elétrica, dos pedidos para instalação da rede telefônica, de licenças para implantação de indústrias de atividades comerciais e dos serviços de transporte de passageiros.

Em 1940 foi inaugurada a Biblioteca Pública Municipal e em 1941 o primeiro Centro de Saúde da cidade. Dez anos depois, inaugurou-se a Santa Casa de Misericórdia de Guarulhos.

Ainda na década de 1940 chegaram ao município indústrias do setor elétrico, metalúrgico, plástico, alimentício, borracha, calçados, peças para automóveis, relógios e couros.



Região Metropolitana São Paulo - Alto Tietê



Guarulhos faz parte da subdivisão Alto Tietê da Região Metropolitana de São Paulo. A região recebe esse nome por causa da localização geográfica das cidades. O rio Tietê nasce no município de Salesópolis e percorre parte desses municípios antes de chegar à capital. Integram essa subdivisão, além de Guarulhos, os municípios de Arujá, Biritiba Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Salesópolis, Santa Isabel e Suzano.

O município de Guarulhos é o polo, concentrando a maior parte da população e dos investimentos regionais. Além disso, possui quase 30% de seu território formado por zonas de proteção ambiental, como o Parque Nacional da Serra da Cantareira e a Represa do Cabuçu, principal responsável pelo abastecimento de água do município. Seu processo de urbanização, no entanto, foi desordenado, levando a sérios problemas ambientais, principalmente enchentes e inadequação da disposição dos resíduos sólidos.

Na infraestrutura regional, tem destaque o maior aeroporto da região metropolitana, o Aeroporto Internacional de Guarulhos, cuja presença tem marcado profundamente a atividade econômica da região, devido aos grandes investimentos ligados aos setores de transporte aéreo, hoteleiro e imobiliário.

No setor secundário, além de produtos da indústria extrativa de pedras, areia, cal e caulim, podem ser encontrados produtos de metal, artigos de borracha e plástico, confecções de artigos de vestuário e acessórios, peças e acessórios para veículos automotores, calçados, artigos de mobiliário, metalurgia básica, papel, papelão liso, cartolina e cartão e edição, impressão e reprodução gráfica, que formam um importante arranjo produtivo local. A indústria regional engloba, ainda, a produção de refratários, tratores, vidro e cristais, produtos químicos e farmacêuticos.

A atividade produtiva nessa porção do território distribui-se de forma não homogênea, havendo grande concentração em alguns municípios e ausência de atividades econômicas dinâmicas, em outros. Guarulhos constitui o polo funcional de grande porte que concentra parte expressiva dos investimentos da sub-região e é o segundo município mais populoso do Estado de São Paulo.



(Informações extraídas dos sites www.guarulhos.sp.gov.br e www.planejamento.sp.gov.br).