São Bernardo do Campo, cidade do móvel e do automóvel

Audiências Públicas do Orçamento 2012
28/07/2011 19:47

Compartilhar:

Represa Billings <a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/07-2011/SaoBernardoREPRESABILLINGS.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Paço Municipal de São Bernardo <a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/07-2011/SaoBernadoPacoMunicipal.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> São Bernardo do Campo <a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/07-2011/SaoBernardoGeral.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

São Bernardo do Campo nasceu na região da vila de Santo André da Borda do Campo, entre os anos de 1550 e 1560. A região era passagem aos que se dirigiam ao porto de Santos, principalmente as tropas que levavam mercadorias, ali parando para descanso ao redor da capela que os monges construíram bem no centro da fazenda. A capela era dedicada a São Bernardo tendo sido construída em 1717, originando o primeiro povoado. Em 1877, a fazenda dos beneditinos é desapropriada para nascer o núcleo colonial de São Bernardo que posteriormente seria alçada à condição de vila. Os imigrantes italianos predominavam no final do século 19 e início do século 20. Em 1889 foi elevada a município, que, na época, compreendia praticamente todo o atual território do ABC. A exploração da madeira, abundante na época, levou ao desenvolvimento da indústria moveleira. O nome Campo foi aplicado ao nome São Bernardo em 1945, quando de sua emancipação político-administrativa



São Bernardo hoje



Como da sua formação, São Bernardo do Campo continua com seu viés de população de imigrantes. Seu parque industrial atraiu pessoas de todo o Brasil e do exterior, para trabalharem tanto na indústria moveleira como na automobilística. Por essa razão leva o nome de "capital do automóvel do Brasil e capital dos móveis". O município teve também a primeira companhia cinematográfica do país, a Vera Cruz. Está localizada na região do Grande ABC, à sudoeste da região metropolitana. Possui 408,45 km², sendo que 75,82 km² estão submersos pela represa Billings. Sua população está acima dos 760 mil habitantes.



Economia



Desde 1950, São Bernardo do Campo baseia sua economia na indústria automobilística, é sede das primeiras montadoras que se estabeleceram no país, como a Volkswagen, Ford, Scania, Mercedes-Benz e Karmann Ghia. Com sede na cidade também estão empresas como a Basf, Suvinil e Colgate-Palmolive, da Unilever, dentre muitas outras. O município conta com o maior número de boas universidades da região. O Índice de Desenvolvimento Humano (0,843) é superior ao IDH médio do Estado de São Paulo. São Bernardo do Campo, devido à alta concentração industrial e um mercado consumidor atrativo, possui o 5º maior PIB entre as cidades do Estado de São Paulo e o 13º no ranking nacional. O comércio e prestação de serviços tiveram expressivo crescimento levando a economia do município a um desenvolvimento diversificado, trazendo novas oportunidades de trabalho.