Biografia dos deputados eleitos em outubro/2010 - Gil Arantes


18/01/2011 15:24

Gil Arantes<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/01-2011/gilarantes3.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Gilberto Macedo Gil Arantes (DEM) nasceu em Barueri em 12 de março de 1952. Começou a trabalhar com menos de 10 anos de idade e aos 11 era office-boy. Sua vida política teve início quando atuou no escritório de Waghi Sales Nemer, um dos emancipadores de Barueri, onde era comum a presença de políticos. Ingressou na vida pública em 1985, como diretor de esportes da cidade. Mais tarde, assumiu a Secretaria de Obras e, posteriormente, elegeu-se prefeito por duas vezes: em 1996 e 2000. Em 2006, elegeu-se deputado estadual com aproximadamente 150 mil votos. Foi reeleito em 2010, com mais de 145 mil votos. Na campanha para deputado estadual em 2006, uma das bandeiras de Gil Arantes foi a criação de uma secretaria específica para assuntos metropolitanos, com objetivo de resolver problemas como enchentes, destinação final dos resíduos sólidos, poluição de rios e represas, preservação de áreas de mananciais, habitação, transporte, dentre outros. Assim que o parlamentar assumiu o mandato em 2006, apresentou o Projeto de Lei 1.313/2007, que cria a Secretaria de Estado para o Desenvolvimento Metropolitano.

Na atual legislatura, o deputado não medirá esforços na busca por mais recursos para os municípios junto ao governo estadual, principalmente para cidades com poucas condições de investimentos. Muitos municípios mal conseguem dar conta da folha de pagamento, e não oferecem à população serviços básicos de qualidade nas áreas de saúde, educação e infraestrutura.

Gil Arantes irá lutar pela aprovação do Projeto de Lei 120/2009, que cria o programa "Mãe Adolescente na Escola". O objetivo da propositura é incentivar as adolescentes gestantes ou mães adolescentes a não interromperem os estudos e, com isso, ficarem excluídas do mercado de trabalho. O projeto prevê prioridade na obtenção de vaga para o filho em qualquer creche estadual, bem como garante matrícula para a adolescente em qualquer escola pública do Estado.

O parlamentar também quer viabilizar a implantação de mais escolas técnicas com ensino profissionalizante, como o caso das Etec e também as Fatec pelo Estado, para que os jovens tenham oportunidade de trabalho com mão de obra qualificada.