Assembléia paulista registra 46,8% de renovação


02/10/2006 20:42

Compartilhar:

Composição das bancadas eleitas em 2006<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/03-2008/grafico-2007.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>  <a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/03-2008/grafico-bom.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

As eleições do último domingo, 1º/10, resultaram na renovação de 44 das 94 cadeiras de deputados estaduais da Assembléia Legislativa, índice de 46,8 %. Permanecem na próxima legislatura 50 dos parlamentares que exercem mandato atualmente, um índice de reeleição de 53,2 %.

Comparado com outros três dos maiores colégios eleitorais do país, o Estado de São Paulo registra renovação do parlamento estadual superior à dos estados de Minas Gerais (40,2%) e Rio Grande do Sul (38,2%), mas inferior à do Rio de Janeiro, que renovou 48,5% de suas cadeiras.

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) recebeu inscrição de 1.718 candidatos a deputado estadual, os quais disputaram uma soma de 20.272.347 votos válidos, 85,28% do número de eleitores habilitados a votar.

Na eleição para deputado estadual, 16.541.390 eleitores (81,60%) optaram pelo voto nominal e 3.730.957 (18,40%) votaram na legenda. Os votos brancos somaram 1.808.982 (7,61% dos 23.771.579 votantes) e os nulos, 1.690.250 (7,11%).

O eleito com maior votação foi Campos Machado (PTB), com 246.247 votos. O último da lista dos eleitos é Lelis Trajano (PSC), que obteve 29.515.