Palácio 9 de Julho, sede do Legislativo paulista, também faz aniversário em 25 de janeiro

Inaugurado em 1968, o Palácio 9 de Julho, sede da Assembleia, completa 45 anos.
23/01/2013 16:37 | Da redação Sillene Coquetti - foto Roberto Navarro

Compartilhar:

Vista aérea do Palácio 9 de Julho<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-01-2013/fg120865.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

No dia em que a cidade de São Paulo comemora seu aniversário, o Palácio 9 de Julho, sede do Parlamento paulista, também comemora seu aniversário. Foi em 25 de janeiro de 1968 que o edifício foi inaugurado pelo então governador Abreu Sodré, que, aliás, presidiu a Assembleia de 1960 a 1963. O Palácio 9 de Julho possui este nome em homenagem à data de início do Movimento Constitucionalista de 1932 e da promulgação da Constituição estadual de 1947.

Antes de situar-se no atual endereço, o Legislativo teve sua sede em outros quatro lugares. Primeiro, no Colégio dos Jesuítas (Palácio do Governo), depois no Pátio do Colégio, posteriormente no Casarão do João Mendes, onde hoje é a praça João Mendes, e ainda esteve no Palácio das Indústrias, no Parque D. Pedro II.

A estrutura do prédio era algo extraordinário e moderno para a época, com bases na escola modernista e inspirado no estilo disseminado por Oscar Niemeyer, o projeto de autoria dos arquitetos Adolfo Rúbio Moraes e Fábio Kok de Sá Moreira demorou cerca de cinco anos para ser concluído, mas o resultado agradou. A construção retangular em um único bloco, revestida de granito cinza e mármore branco, com aproximadamente 36 mil metros quadrados, é hoje um dos principais cartões postais da cidade.