Projeto Cidadania AD Brasil é debatido em fórum na Assembleia Legislativa


22/02/2013 15:53 | Da Redação

Compartilhar:

.<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-02-2013/fg121444.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Adilson Rossi, Paulo Freire, Ronaldo Fonseca, Lélis Washington Morinhos, Carlos Roberto Silva e brunelli Jr.<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-02-2013/fg121446.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> .<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-02-2013/fg121447.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> .<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-02-2013/fg121448.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> .<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-02-2013/fg121449.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

A Igreja Assembleia de Deus realizou, nesta sexta-feira, 22/2, o 1º Fórum para Prefeitos e Vereadores do Projeto Cidadania AD Brasil, por solicitação do deputado Adilson Rossi (PSB). Participaram do evento membros da Comissão Política das Assembleias de Deus do Estado de São Paulo, da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB) e do Projeto Cidadania AD Brasil, além de vereadores e prefeitos pertencentes à Assembleia de Deus em todo o país.

Segundo o pastor Lellis Washington Marinhos, presidente do Conselho Político CGADB, a igreja acredita ser importante ter representantes nas casas legislativas do país, desde que haja um projeto com a função de direcionar suas ações para um objetivo comum. Dessa forma, nasceu o Projeto AD Brasil, cuja função é formar e orientar vereadores e deputados pertencentes à Assembleia de Deus. "É imperativo que tenhamos, como representantes do maior movimento evangélico dessa nação, um projeto bem delineado e sólido para ser apresentado como alternativa para a nossa sociedade", afirmou.



Bancada evangélica



O pastor Carlos Roberto Silva, vice-presidente da Comissão Política Estadual das Assembleias de Deus do Estado de São Paulo, discorreu sobre a necessidade de que " embora a igreja não precise da política, na medida em que é uma instituição formada por cidadãos e, para o exercício de suas atividades, requer templos, projetos arquitetônicos, plantas, alvarás de licença, CNPJ, liberdade religiosa e de expressão " exerça a cidadania por meio da representação política. Nesse sentido, o deputado federal Ronaldo Fonseca (PR/DF) salientou que a igreja precisa ter representantes para defendê-la não como instituição cristã, mas como instituição jurídica.

O deputado Adilson Rossi destacou a preocupação com projetos de lei que, sob a justificativa de alcançar igualdade de direitos, se transformam em luta por privilégios de classes, criando castas que não se coadunam com os valores morais e espirituais pregados pela igreja. Em sua opinião, os parlamentares ligados à Assembleia de Deus devem combater ativamente tais projetos, dificultando sua aprovação.

O fórum decidiu propor a criação do Instituto de Ciência Políticas e Sociais Cidadania AD Brasil com a finalidade de formar e capacitar seus membros que ingressem na política. A proposta será levada ao âmbito nacional da Assembleia de Deus.

Participou também do evento o deputado federal Paulo Freire (PR/SP).