Deputado quer artistas na Casa Amarela


22/05/2015 18:55 | Da assessoria do deputado Carlos Giannazi

Compartilhar:

Giannazi com integrantes da Casa Amarela<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-05-2015/fg170708.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

No dia 19/5, o deputado Carlos Giannazi (PSOL) esteve visitando o Ateliê Compartilhado Casa Amarela, localizado na rua da Consolação (área central da capital), onde se reuniu com vários artistas que fizeram a ocupação cultural de um casarão histórico construído em 1920 e tombado pelo Patrimônio Histórico, mas abandonado há mais de 15 anos pelo INSS, que, agora, entrou com uma ação de reintegração de posse para expulsar os artistas e destruir o trabalho de inserção social desenvolvido na Casa através das atividades de arte.

O parlamentar, que é membro titular da Comissão de Educação e Cultura da Assembleia Legislativa, disse que é um verdadeiro absurdo acabar com um trabalho que oferta acesso à cultura, por meio de várias oficinas realizadas naquele local, para moradores em situação de rua, pessoas usuárias do sistema de saúde mental e outras milhares que, graças a esse trabalho, estão tendo a oportunidade de vivenciar experiências culturais na cidade de São Paulo. A Casa Amarela é uma espécie de organização alternativa, sem influência de partidos políticos, sem apoio empresarial, que apresenta uma nova forma de gestão de cultura e até mesmo de organização política.

Giannazi solicitou à presidente Dilma Rousseff que abra mão da ação de reintegração de posse e também exigiu que prefeitura e do Estado que tomem iniciativas para que os artistas continuem no espaço. O deputado fará uma audiência pública na Assembleia no dia 1/6, às 14h30, para defender o espaço.

carlosgiannazi@uol.com.br