Deputado apoia aprovação de Plano Estadual de Cultura


03/06/2016 10:56 | Da assessoria do deputado Carlos Giannazi

Giannazi durante a audiência: "cultura é direito constitucional"<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2016/fg190204.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

O professor e deputado Carlos Giannazi (PSOL) participou da audiência pública ocorrida em 25/5, na Assembleia Legislativa, para debater políticas públicas de cultura para o Estado de São Paulo.

Apoiador da Frente Parlamentar em Defesa da Cultura, Giannazi defendeu a ideia de se aprovar, na Casa, um Plano Estadual de Cultura. Para ele, as diretrizes, metas, prognósticos e dinâmica da política cultural no Estado devem estar atreladas a uma visão de política pública estatal, e não à mercê de secretários, partidos e governantes que estão ou venham a ocupar esses cargos. "Insistimos na aprovação de um plano cultural justamente para termos a clareza de como deve ser o financiamento dos projetos, por exemplo, e que partidos políticos não aparelhem ou rasguem uma diretriz em um mandato de quatro anos, quando o plano deve servir para dez anos", argumentou.

Giannazi ainda chamou a atenção para o atual orçamento da pasta, muito inferior às necessidades e menor do que se gasta, por exemplo, com a Assembleia. "Apresentamos um projeto de lei para que ao menos 1% do Orçamento, o que ainda seria pouco diante das demandas, fosse destinado à Secretaria da Cultura, mas enfrentamos resistência para avançar nele. O que devemos defender tanto quanto o aumento de verbas para a área é que cultura é um direito constitucional e, portanto, não é favor nem passível de cortes orçamentários", finalizou.

carlosgiannazi@uol.com.br