Deputado recebe estudantes que ocupam Escola "Bayeux"


03/06/2016 15:29 | Da assessoria do deputado Aldo Demarchi

Aldo Demarchi e representantes dos alunos do "Bayeux"<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2016/fg190211.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

O deputado Aldo Demarchi (dem) recebeu nesta sexta-feira, 3/6, no seu escritório regional, um grupo de sete representantes dos alunos que desde o início da semana ocupam as dependências da Escola Técnica Estadual "Prof. Armando Bayeux da Silva", localizada em Rio Claro. Durante o encontro, ele reafirmou sua disposição em defender na Assembleia Legislativa a Educação, com ênfase no ensino profissionalizante, e colocou a superintendente do Centro Paula Souza - que administra as Etecs e Fatecs -, professora Laura Laganá, em contato direto com os estudantes por meio de conferência via telefone celular.

Na conversa, a superintendente reiterou o compromisso de fornecimento de alimentação o mais breve possível a todos que estudam no "Bayeux". Conforme os próprios jovens já haviam explicado ao deputado no início da reunião, Laura Laganá admitiu que isso não ocorrerá nos próximos dias apenas porque a merenda seca fornecida pela Prefeitura é manipulada e a escola não dispõe de instalações para a realização desse procedimento.

Será necessário adequar um espaço que permita a manipulação, portanto, segundo Laura Laganá, somente no começo do segundo semestre letivo, os estudantes passarão a contar com esse benefício. No diálogo, a superintendente destacou o empenho do deputado na destinação de recursos ao Centro Paula Souza e confirmou a transferência do "Bayeux" para parte das dependências da escola "Chanceler Raul Fernandes", tão logo as reformas sejam concluídas.

A comissão questionou Demarchi a respeito da verba de R$ 1,5 milhão anunciada em abril do ano passado por Laura Laganá para ampliação e modernização do refeitório da Etec "Bayeux". O deputado disse que realmente esses recursos estavam previstos, mas acabaram não sendo aplicados. A razão se deve, explicou, ao contingenciamento orçamentário determinado pelo governo do Estado a todas as secretarias, em virtude da queda na arrecadação.

Ex-aluno do "Bayeux" na década de 1960, quando a unidade ainda se denominava "Escola Industrial Prof. Aprigio Gonzaga", Demarchi enalteceu o comportamento dos alunos no decorrer da reunião, ressaltou que considera justas as reivindicações e que apoia o movimento "não por conveniência, mas por convicção".

ademarchi@al.sp.gov.br