Deputado mobiliza lideranças municipais contra pedágio na rodovia Miguel Jubran


08/06/2016 17:27 | Da assessoria do deputado Ricardo Madalena

Ricardo Madalena (à esq. na mesa) e comitiva do Civap: pela suspensão do pedágio<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2016/fg190640.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Ricardo Madalena (PR) encontrou-se, em Assis, com prefeitos e vereadores de Assis, Borá, Campos Novos Paulista, Cândido Mota, Cruzália, Echaporã, Paraguaçu Paulista, Florínea, Ibirarema, Iepê, João Ramalho, Lutécia, Maracaí, Nantes, Ocauçu, Oscar Bressane, Palmital, Parapuã, Pedrinhas Paulista, Platina, Quatá, Rancharia, Santa Cruz do Rio Pardo, Taciba e Tarumã, que participam do Consórcio Intermunicipal do Vale do Paranapanema (Civap), para discutir a possível suspensão da construção de praça de pedágio entre Assis e Pongaí, na rodovia Miguel Jubran (SP-333).

Os prefeitos se posicionaram contra a instalação da praça de pedágio e destacaram que os cofres das prefeituras serão prejudicados, porque as despesas com transporte de estudantes e pacientes irão aumentar, uma vez que Assis é um polo regional em saúde, educação e comércio.

Madalena, conselheiro da Artesp, solicitou à agência a suspensão do pedágio e vai marcar uma reunião com o diretor-presidente da Artesp e os prefeitos do Civap.

"O presidente da agência disse que há possibilidade de transferir o pedágio para perto da divisa com o Paraná, mas a intenção é revogar a instalação. Não me oponho a pedágios, mas, neste caso, estou contra porque o governo investiu R$ 100 milhões na rodovia e não pode entregar de bandeja à iniciativa privada para que o povo pague pedágio. Convoquei essa mobilização com o Civap para pedir a suspensão do pedágio", afirmou.

ricardomadalena@al.sp.gov.br