Pintora expõe obras em bordadura e pintura mista contemporânea

Quadros retratam movimentos corporais do balé gospel
08/06/2016 19:24 | Da Redação: Keiko Bailone Fotos: Bruna Sampaios

Mostra individual Suspenso, da pintora piracicabana Márcia Guibal  <a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2016/fg190806.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Exposição está no Espaço 5º Centenário do Palácio 9 de Julho<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2016/fg190807.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> São 11 obras entre pinturas e bordaduras contemporâneas<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2016/fg190808.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Espaço 5º Centenário do Palácio 9 de Julho<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2016/fg190809.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Teve início em 7/6 e segue até 28/6, no Espaço 5º Centenário do Palácio 9 de Julho, a mostra individual Suspenso, da pintora piracicabana Márcia Guibal. São 11 obras entre pinturas e bordaduras contemporâneas, que resultaram de desenhos pinçados a partir de pesquisa feita por Márcia Guibal, nos últimos quatro anos, sobre movimentos corporais executados no balé gospel.

Nesta série de pinturas figurativas, Márcia Guibal explica que "explora o mover-se pela espiritualidade, através da expressão corporal feminina; isoladas ou em grupos, elas invadem um limite de céu, evocando o ato de dançar para Deus".

Márcia Guibal é autodidata em desenho e pintura. Expôs pela primeira vez em 2008, no Salão de Arte Contemporânea de Piracicaba. A partir de 2011, participou de salões de arte nas cidades de Piracicaba, Botucatu e São Paulo, sendo premiada com ouro e prata em mostras individuais ou coletivas. Desde 2009, tem acervo no Castelo de Paalsgarde, na cidade de Juelsmind, Dinamarca.