Assembleia participa da transferência simbólica da sede do governo para Santos

No dia 13/6, presidente da Assembleia e governador participam da cerimônia na Baixada
10/06/2016 20:08 | Da Redação

Primeira sessão itinerante do NAE<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2016/fg191063.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Câmara Municipal de Santos <a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2016/fg191144.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

A Assembleia Legislativa integra, nesta segunda-feira, 13/6, o Programa Memória de José Bonifácio de Andrada e Silva. Na data, que marca o nascimento do Patriarca da Independência do Brasil, ocorrerá a transferência simbólica do governo do Estado de São Paulo para a cidade de Santos, evento que acontece desde 2006, por iniciativa do então governador Cláudio Lembo, que editou o Decreto 50.872/2006 com essa diretriz.

Entre as autoridades presentes estarão o presidente da Assembleia, Fernando Capez, e o governador Geraldo Alckmin. No evento, que acontecerá na Câmara Municipal de Santos, deve ser sancionada lei de autoria do deputado Paulo Corrêa Jr. (PEN), que cria o Programa Estadual de Educação Ambiental da Zona Portuária do Estado de São Paulo. A norma foi fruto da reunião da Frente Parlamentar do Plano de Governança, Segurança e Risco do Porto de Santos e São Sebastião, realizada em abril, no Teatro Municipal de Santos.

Para Corrêa Jr., a sessão itinerante é importante, pois aproxima a população da Assemnleia. "Essa será uma oportunidade para os habitantes da Baixada Santista acompanharem de perto a atuação dos parlamentares".