Deputado pede providências para destravar a linha - 18 Bronze


10/06/2016 12:40 | Da assessoria do deputado Orlando Morando

Orlando Morando e o presidente Michel Temer<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2016/fg190986.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Orlando Morando (PSDB) se reuniu com o presidente Michel Temer e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, para tratar sobre a linha 18 - Bronze do metrô, que ligará a capital a São Bernardo do Campo.

Eles se comprometeram a reanalisar a decisão do governo da presidente afastada Dilma Rousseff sobre o metrô ABC. No fim do ano passado, a Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex), do Ministério do Planejamento, rejeitou pedido de autorização do governo do Estado para captação de recursos estrangeiros para início das desapropriações, o que travou o começo das obras.

"Meirelles prometeu analisar o caso, pediu para que eu enviasse por e-mail mais informações e que ele iria fazer uma audiência para tratar o assunto. Falei para eles que a linha 18 vai ao encontro do planejamento do novo governo, de retomada de crescimento por meio de investimentos", afirmou Morando.

A linha 18, com 15,7 quilômetros de extensão e previsão de transportar cerca de 300 mil passageiros por dia, tem custo estimado R$ 4,26 bilhões no total, sendo R$ 1,92 bilhão responsabilidade do poder público (repartido entre Estado e União) e R$ 1,92 bilhão da iniciativa privada, além de desapropriações. Passará por Santo André, São Bernardo e São Caetano.

Além disso, Morando participou de encontro com a cúpula do governo, que recebeu cerca de 200 empresários no Palácio do Planalto para debater os rumos econômicos do país.

omorando@al.sp.gov.br