Deputado pede exoneração do ouvidor das Polícias


13/06/2016 11:39 | Da assessoria do deputado Coronel Camilo

Coronel Camilo<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2016/fg191203.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Coronel Camilo (PSD) encaminhou, dia 10/6, ao governador do Estado, Geraldo Alckmin, pedido de imediata exoneração do ouvidor das Polícias, Julio Cesar Neves.

"Ele está extrapolando suas atribuições, buscando exposição pessoal e, acima de tudo, prejulgando as ações da Polícia Militar de forma irresponsável", comenta Camilo, referindo-se à mais recente ocorrência da Vila Andrade, na zona sul, quando um menor morreu em confronto com a PM após furtar um veículo.

Para Camilo, pela Lei 826/97, o ouvidor precisa se restringir apenas a suas atribuições. A principal delas é receber comunicações de terceiros e, por fim, passar os casos para apuração das autoridades. "Não consta no referido termo legal que cabe ao ouvidor se manifestar, tecer críticas ou fazer comentários sobre os fatos", completa o parlamentar, que é presidente da Frente Parlamentar de Segurança e presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Assembleia.

coronelcamilo@al.sp.gov.br