Representante da indústria de refrigerante fala à CPI da Obesidade Infantil

Para a indústria, refrigerante não é vilão e a autorregulação do setor deve ser estimulada
15/06/2016 19:40 | Da Redação Fotos: Mauricio de Souza

Alexandre Kruel Jobim, diretor da Associação Brasileira das Indústrias de Refrigerantes e de Bebidas não Alcoólicas<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2016/fg191434.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Reunião da CPI constituída com a finalidade de investigar o crescimento da obesidade infantil no Estado<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2016/fg191436.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Ed Thomas questiona sobre o uso de substâncias como benzoato (conservante) na fabricação de refrigerantes<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2016/fg191437.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> CPI da Obesidade Infantil em reunião na Assembleia <a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2016/fg191438.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Delegado Olim <a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2016/fg191439.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Marcio Camargo <a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2016/fg191440.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Reunião da CPI da Obesidade Infantil  <a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2016/fg191441.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a> Alexandre Kruel Jobim ao microfone <a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2016/fg191442.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Reunida nesta quarta-feira, 15/6, a Comissão Parlamentar de Inquérito constituída com a finalidade de investigar o crescimento da obesidade infantil no Estado de São Paulo recebeu o diretor-presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Refrigerantes e de Bebidas não Alcoólicas (Abir), Alexandre Kruel Jobim. Ele defendeu que, apesar da fama de vilão dos refrigerantes, a bebida corresponde, em média, a 4% do consumo diário de calorias do brasileiro.

O representante da Abir informou que a entidade, criada em 1950 - inicialmente reunindo exclusivamente o setor de refrigerantes - hoje possui 50 associados, que correspondem a 93% do mercado de bebidas não alcoólico no Brasil. Ele destacou que a preocupação da indústria hoje é oferecer opções para os consumidores construírem dietas balanceadas. Esse objetivo segue uma tendência mundial e acompanha as orientações propostas pelo Pacto Nacional para Alimentação Saudável.

Estabelecido pelo Decreto federal 8.553/2015, o pacto tem foco na promoção do consumo de alimentos saudáveis e adequados e a ampliação das condições de oferta e disponibilidade desses alimentos para combater o sobrepeso, a obesidade e as doenças decorrentes da má alimentação da população brasileira. A proposta foi apresentada na 5ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, em Brasília.

Em respeito às ações do Legislativo, Alexandre Kruel Jobim afirmou não acreditar em legislação restritiva de consumo, mas na autorregulação do setor com apoio do Estado. O convidado da CPI lembrou que a proibição de consumo de refrigerantes nas escolas no Rio Grande do Sul, por exemplo, não impediu que aquele Estado continuasse a apresentar aumento da incidência de obesidade.

Conservantes

Questionado pelo deputado Ed Thomas (PSB) acerca do uso de substâncias como benzoato, como conservante, na fabricação de refrigerantes, o diretor-presidente da Abir informou que a substância é necessária para a industrialização e que ela atua na segurança técnica e alimentícia de vários produtos.

Já Marcio Camargo (PSC) falou de propositura de sua autoria, em tramitação na Assembleia Legislativa, que trata da obrigatoriedade de comercialização ou disponibilização de bebidas dietéticas em eventos esportivos e shows culturais.

Durante a reunião, os deputados aprovaram requerimento de autoria da parlamentar que preside a CPI, Maria Lúcia Amary (PSDB), propondo uma visita ao Instituto Movere, que atua na mudança do estilo de vida de crianças e adolescentes, oferecendo atividades físicas e orientação nutricional dentro do Programa Crescer, investimento social do Movere e da Pepsico do Brasil.

A presidente do instituto, Vera Lúcia Perino Barbosa, esteve presente na reunião, assim como a professora-associada do Departamento de Nutrição da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre, Márcia Regina Vitolo. Participaram ainda os deputados Carlos Cezar (PSB) e Delegado Olim (PP).