Reorganização velada das escolas estaduais


30/06/2016 15:12 | Da assessoria da deputada Márcia Lia

 Reunião da Comissão de Educação e Cultura da Assembleia <a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-06-2016/fg192308.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Em reunião da Comissão de Educação, com a presença do secretário de Educação do Estado, José Renato Nalini, no dia 28/6, a deputada Márcia Lia (PT) questionou a reorganização velada das escolas da rede paulista. Segundo ela, há notícias de que salas de aula estariam sendo fechadas na capital e no interior.

Segundo a parlamentar, em 2015 o Estado viveu uma grande mobilização de estudantes e professores contra a chamada reorganização do ensino em ciclos. Após centenas de escolas ocupadas por jovens e um forte desgaste político, o governador Geraldo Alckmin voltou atrás na sua proposta. Com o projeto, 94 escolas e mais de três mil salas de aula seriam lacradas, provocando um grande impacto na comunidade escolar.

"Porém, há notícias de que não houve a reorganização nos moldes planejados, mas tem acontecido de forma velada com o fechamento de salas. Tenho informação que o Ministério Público estaria contestando essa nova forma de reorganização", questionou Márcia Lia. O secretário garantiu não haver nem reorganização velada. No entanto, apresentou números sobre o "excesso" de vagas ociosas na rede estadual de ensino. Disse que em Araraquara, há 6.484 vagas e no Estado, o número de vagas não ocupadas chega a 600 mil. Os dados se contrapõem a vários outros como do IBGE e demais pesquisas que identificam cerca de 250 mil jovens fora da escola.

marcialia@al.sp.gov.br